The Good Wife: Bond e Innocents (7×01 e 7×02)

Depois de abandonar os sócios para embarcar na carreira política e fracassar nesta de uma maneira horrível, o que restaria para Alicia? Recomeçar por baixo e foi isso que o começo da nova temporada nos trouxe. Pelo menos por algum tempo.

Foi bem interessante ver Alicia disputando clientes no tribunal no melhor estilo “porta de cadeia”, até porque ela escapou duas vezes disso em sua vida, primeiro quando se formou e conseguiu um estágio em uma grande firma, abandonado para a carreira de esposa, e depois quando cortou caminho graças a ajuda de Will.

The Good Wife Bond 7x01 s07e01

Além disso, depois da trama de sua candidatura ter sido o fiasco da temporada passada, é bom ter a esperança de que possamos ver Alicia deixando de se importar com o que os outros pensam, sem saber o que ela realmente quer.

Só que, é claro, um série sobre a advogada de porta de cadeia esposa de um governador não parece tão interessante assim quanto outra cheia de glamour e roupas lindas e penteados perfeitos, então durou bem pouco – falando de penteados, impressão minha ou a peruca da Alicia estava um tanto torta?

Entra em cena Canning, louco para se vingar da agora Lockhart-Agos e mais que disposto a usar Alicia para isso. Confesso: amei o caso que ele acabou passando para ela com todos os peritos que eles arrumaram para discutir qual post it estava onde. 

Na verdade acho que duas coisas que sempre amei na série foram as mais sacrificadas na tal trama eleitoral: o humor por trás dos casos levados ao tribunal e a presença dos personagens secundários que tanto amamos e nestes dois episódios tive o bastante dos dois.

Falando de secundários que amamos: Lucca Quinn, Cary Agos e Ely. 

Lucca nem chegou direito e eu já estou encantada com ela, achando que ela pode ser a amiga que Alicia tanto precisa. Além dela trazer para Alicia uma sabedoria das ruas, vamos chamar assim, que a boa esposa nunca teve, ela tem raciocínio rápido, é ótima de improviso e um charme.

Cary começa a temporada desconfortável. A nova empresa tem ele como sócio, mas não parece. Ele se sente subestimado e não ouvido no grupo mais velho e simplesmente não se encaixa entre os associados. Acho que de tudo que foi trazido pela trama eleitoral, do que mais me ressinto é o fim da parceria, e da sociedade, da Alicia e Cary.

E Ely foi desprezado por Peter e planeja uma vingança em grande estilo. Como não amar? E, arrematando o que a Alicia falou, já que ela será sempre usada por alguém, que pelo menos seja por alguém como ele.

The Good Wife Innocents 7x02 s07e02

O segundo episódio também funciona bem, dividido entre a porta de cadeia e o caso do rapaz cuja mãe artista acha sua arte mais importante que seus filhos. Eu amei o caso no tribunal, mas foi impossível não ficar triste.

Ele mostrou que eu não estava errada sobre o sucesso da dupla Lucca e Alicia e ainda nos trouxe o perfeito, lindo, sedutor, novo investigador da série, também conhecido como papai Winchester.

Na verdade achei um desperdício Alicia contratar a tal “Kalinda to be” e não tê-lo contrato logo de uma vez, afinal a gente já sabia que ele era melhor e que ia acontecer mesmo.

Só que gastaram bastante tempo com a eleição de Peter, a necessidade de Alicia de se redimir e a briga de Ely e a nova chefe de campanha – a sombra da trama eleitoral ainda assusta, fica o receio de errarem a mão novamente.

Do outro lado, a briga de Cary e Howie é bem mais interessante. A gente sabe o quão Howie é inútil hoje para a firma, mas ele deve ter sido um ótimo advogado e essa briga nos permitiu pelo menos ver um pouco disso.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

1 comentário


  1. Tenho sérios problemas quando exibe 2 episódios seguidos, fico com a cabeça bagunçada com o que aconteceu … então vou no sentimento que adorei a volta da série e isso me surpreendeu pois muitas pessoas tem dito horrores desta temporada

    É muito mais interessante ver a Alicia fazendo de tudo como advogada, e sim sua peruca está estranha, mas a peruca do Ely estava muito mais estranha ainda !

    Não me interessa mais os personagens de Cary e Diane, infelizmente é assim, eles perderam o meu afeto depois de tudo que fizeram contra Alicia … então que eles se explodam !

    Kalindo wanna be … heheheheh … acho que isso foi algum recado !

    E o que dizer deste sedutor maravilhoso que é o Jeffrey !

    Mesmo odiando o Canning até que neste episódio gostei muito do que ele fez pela Alicia.

    E a parceria da Lucca com a Alicia começou da melhor maneira possível, foi brilhante como ela acabou com a Diane e aquele seboso do David Lee, ainda não consigo admitir essa aliança :/

    Sobre o caso do rapaz da foto e sua mãe, me senti desconfortável de ver que a mãe ser incapaz de perceber que pedófilos estavam usando as fotos dos seus filhos … fiquei horrorizada !

    E no caso do “post it” foi divertido pois adorei rever a Jane Curtin como juíza já que a temporada de Unforgettable ela foi retirada.

    Enfim adorei o começo da temporada pois é essa Alicia batalhadora advogada que gostamos de ver !

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *