2 comentários em “A mãe e o mercado de trabalho”

  1. marys
    marys 22/08/2012 em 2:15 pm

    Pois é…essa escolha entre trabalho e filhos é muito dificil ( claro desde que a situação financeira permita) quando tomei esta decisão após abandonar uma carreira de muitos anos numa multinacional fui discriminada(colegas de trabalho e amigos)e até hoje escuto”você não trabalha,tem tempo de sobra”;no começo parece que os dias tem 48 horas, mas com o passar do tempo você vai se ocupando e de repente começa a sentir que estão faltando horas no dia da mesma forma.A convivência tempo integral com um filho “não tem preço”.E não tem carro do ano,viagens,roupas,casa no bairro tal,etc.que sejam mais importantes do que viver sem stress,sem a eterna urgencia dos projetos sempre “para ontem”.bj lindinha,te amo

    1. Simone Miletic
      Simone Miletic 22/08/2012 em 8:17 pm

      Oi Marys, na semana passada a professora da carol me procurou e disse que é visível a melhora dela em termos de aprendizado e comportamento desde que parei de trabalhar. Como vocês disse: nada é mais importante que isso!! beijos

Deixe seu Comentário