Supernatural: Hell’s Angel (11×18)

Opa, voltamos a programação normal – já era hora – e se alguém estava reclamando de que as coisas seriam fáceis com relação a Amara depois que uma “mão de Deus” fosse encontrada, bem, este episódio provou que nada será tão fácil assim e que depois do tanto de confusão que causou, Lúcifer nem ao menos seja a resposta.

Sim, nosso amiguinho saiu da jaula, conseguiu a tal mão de Deus e até tentou acabar com Amara – com quem ele já tem uma história, heim? – mas apenas acabou se ferrando.

Só que a descoberta não foi o ponto alto do episódio, cheio de novidades: Rowena está viva, e a cena da luzinha subindo pelo corpo dela foi ótima, e Castiel agora passa seu tempo assistindo a seriados de TV em um canto da alma em  que ele projetou a cozinha dos Winchesters.

A alma de Castiel, ou do receptáculo, na verdade guardou as melhores cenas colocando Lúcifer, Crowley e Castiel juntos. Ver o Lúcifer de Mark foi um presente – sorry, Misha, mas ele É ele – e Crowley é o demônio mais gente boa que eu conheço, ele consegue só fazer coisas em interesse próprio e ainda assim ajudar os Winchester e o mundo, no final das contas. Ele é aquele cara que quer reinar bem e sabe que almas sempre serão necessárias para que todos continuem felizes no inferno, não é mesmo?

Já Castiel está ali esperando. Ele afinal acreditava que Lúcifer poderia derrotar Amara, só que agora nós sabemos que não e não sei como Castiel fará para expulsá-lo agora…

Um lado meu fica aqui pensando se o excesso de ação, e de informação, do episódio não foi para compensar os vários episódios seguidos em que poucos andamos.

De qualquer modo, o final do episódio parece indicar que só uma solução é possível: Deus finalmente se mostrar. Será que agora ele vem?

Supernatural Hell's Angels 11x18 s11e18

 

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

1 comentário


  1. A Rowena estar viva foi ótimo e depois ela morrendo de medo da Amara, que ela ajudou a se recuperar achando que seria beneficiada , é tão bom vê-la se dar mal! Será Deus ou a união das três forças: céu, terra e do inferno conseguiram deter Amara?

    Responder

Deixe uma resposta