The Blacklist: Kings of the Highway (No. 108) (3×08)

Você acha que será um episódio passa tempo mostrando como Red lida com bandidos de beira de estrada, mas então você é simplesmente atropelado por tantos acontecimentos que perde até mesmo o fôlego.

Não que Red lidando com os bandidos de beira de estrada não seja interessante por si só, afinal ele é sempre tão inteligente e antecipado, escapando de todas as principais forças da justiça, que é irônico demais ele acabar sequestrado por quatro caipiras e uma louca. Tanto que em determinado momento até mesmo pensamos que ele não conseguirá escapar.

Mas mais uma vez a inteligência triunfa sobre a força e ele vai manipulando um a um até conseguir escapar. Com isso não escapa só deles, escapa também do FBI. Desta vez Ressler foi feliz em chegar até Red e Liz e com isso consegue pegá-la.

Na verdade Liz cavou a própria prisão ao recorrer a Samar quando Reddington desaparece – ainda que ela não pudesse imaginar que ela tivesse passado a noite com Ressler – dando a ele de bandeja a sua localização. Apesar de entender o desespero dela fico pensando que teria sido bem mais fácil se ela tivesse pedido ajuda de Dembe, afinal ele conhece toda a estrutura de apoio que Red tem e ela não.

A insistência dela de que Dembe deveria continuar em sua missão serviu de desculpa para que ela tivesse que se virar por si própria, uma pena que isso tenha sido mal aproveitado.

A grande revelação da noite, na verdade, também esteve relacionada a Ressler, dois acertos em um episódio só, vejam vocês: Laurel Hitchin é tão ruim quanto Peter, em verdade ela pode ser pior, como a forma que matou Reven na própria sala comprovou.

The Blacklist Kings of the Highway (No. 108)  3x08

Músicas do Episódio

Wrong Path (As Featured In “Dallas Buyers Club”) – Craig Stull

Blame It on Me – George Ezra

P.S. Red e seu discurso sobre reuniões familiares: melhor Red.

P.S. do P.S. Cooper e Tom em fuga, valeu pelas cenas de ação.

P.S. do P.S. do P.S. Quem afinal recolheu a maleta?

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

2 Comentários


  1. senti que aquele federal apanhando a maleta com a grana deve ser alguém infiltrado do Red

    Responder

Deixe uma resposta