Downton Abbey: Episode #6.1 (6×01)

Mesmo quem desanimou quando a terceira temporada de Downton Abbey ia passando sem que realmente passasse sente seu tanto de nostalgia ao saber que esta é a última temporada da série. Mais nostalgia quem viu uma quinta temporada deliciosa e recheada de surpresa e agora fica duplamente triste no momento da despedida.

Ainda que não esteja pedindo por mais, acredito muito que melhor uma série acabar quando ainda nos deixa felizes, não é mesmo?

O bom é que o GNT não demorou nada nada em estrear a sexta temporada por aqui  e, de bônus, ainda colocará os episódios disponíveis online através do GlobosatPlay/GNTPlay.

E a sexta temporada começa em ótimo ritmo, arrancando riscadas com o trio Hughes , Carson e Pattmore, pondo um final a já desgastada trama de Bates e Anna e a morte do horrível Senhor Green e criando uma nova tensão entre Cora e a sogra, apesar dos apelos do marido.

Sim, também tivemos a tal história de Mary sendo chantageada, mas meus amigos mais próximos sabem que eu sou louca para socar o nariz da lady que tantos amam e não fosse o fato da tal governanta ser arrogante e metida eu nem ao menos teria me importado com a história toda. Como fizeram a moça ser insuportável, restou comemorar o fato de que a história acabou tão rápido quanto começou.

Falando de Hughes, Carson e Pattmore: gente, o medo de Hughes só me fez ter ainda mais apreço por ela e, por consequência, pelo Carson. Em um tempo em que mesmo dentro do casamento, muitas liberdades são negadas e que é difícil assumir medos, achei bonito demais que ele tenha entendido a preocupação dela e tenha falado de forma tão bonita do que sente. Já Miss Pattmore ganhou pontos extras pela ajuda a amiga e por se mostrado tão “sacudida”.

Falando de Isobel, Cora e a Condessa: a verdade é que a gente ama a Condessa só porque ela não é da nossa família, não é verdade? Não deve ser fácil enfrentá-la cada vez que ela tem certeza sobre algum assunto. E é claro, também, pra nós que olhamos daqui para o passado achar lógico tudo que Isobel fala, mas devia ser um tanto assustador ver tudo que se acreditava, ver o mundo em que se cresceu, mudar da forma como aconteceu na época em que a série se passa.

Na verdade, pelo que esse episódio nos mostrou, essa temporada será sobre das difíceis mudanças que a família terá de enfrentar. Pobre senhor Carson e alguém por favor dá um calmante para Daisy e seu idealismo, se não não chegaremos vivos ao último episódio.

P.S. É por momentos como os de Violet torturando Dunken que eu vivo!!

Downton Abbey Episode 6x01 s06e01 Violet

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

3 Comentários


  1. só digo que não sentirei falta da Daisy e Lady Mary, acho as duas insuportáveis

    até a tia não gosta da Lady Mary ao alertar a Edith sobre o fato de deixar de ser insultada pela irmã, pois é só isso que Mary faz

    alias como queria que a Mary sofresse um pouco mais a essa chantagem, passou muito rápido, e olha só com a Mary é, ela só reparou na mulher pois já sabia que dali ia sair algo de ruim pra ela pois se não fosse isso ela nem iria reparar

    e me dá gosto de ver que mesmo vendo dificuldades em sua vida a Lady Edith tem a sabedoria de saber que nada sabe mas que irá em frente

    Responder

    1. Eu gostava da Daisy, não sei o que aconteceu com ela, quer dizer, sei, esses livros que ela nem entende direito e quer sair mudando o mundo.

      Já da Mary eu nunca gostei, egoísta, mesquinha. Torcendo muito por Edith nesta temporada!! <3

      Responder

  2. Lady Mary…argh nunca gostei. A Edith está se superando, muito legal o percursso da personagem.
    Carson e a sra. Hughes, amo esses dois.
    Concordo com vc Simone, a série vai acabar no momento certo, pq se deixar passar, vai acontecer como outras séries que perderam a oportunidade de acabar no auge.

    Responder

Deixe uma resposta