Bones: The Lost Love in the Foreign Land (10×06)

Um episódio sem surpresas, fechado no modelo que conhecemos tão bem, mas que conseguiu ter humor, tensão e emoção equilibrados, provando que não é preciso malabarismo para fazer algo bom, não é mesmo?

Claro que nem tudo é perfeito e a gente teve o “drama” da Cam com o Arastoo, totalmente desnecessário, preenchendo uns cinco minutos do episódio, mas ele não estragou o conjunto.

Primeiro porque nos momentos iniciais ele é apagado pela imagem de Hodgins e Aubrey correndo atrás de abras, segundo porque o Arastoo se mostra bem mais maduro que a namorada e não só lidou bem com a própria decepção com a resistência dela, fosse realmente ouvindo aquela que escolheu como orientadora e entendendo o que ela quis dizer quando rejeitou sua primeira proposta de dissertação.

E Breenan pode ser muito sem noção, mas com certeza sabe reconhecer valores nas pessoas, até porque ela não se deixa melindrar pelo sucesso alheio – eu sempre admirei sua confiança, isso é verdade.

Arastoo teve bem mais dificuldade em lidar com a difícil realidade de que pessoas escravizam outras pessoas simplesmente por dinheiro e que isso não acontece apenas em países muito pobres. A maldade não escolhe raça ou status social, afinal.

Por isso o episódio teve um final agridoce: ainda que tenham conseguido destruir a tal operação de tráfico humano, uma garota morreu e outra acabará na prisão porque suas vidas seguiram o único rumo que podiam.

Bones The Lost Love in the Foreign Land 10x06 s10e06

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

2 Comentários


  1. ainda surpresa com a participação da Sra Hughes de Downton Abbey em Bones, pra mim estava irreconhecível

    aquele momento em que se sente mais pena do assassino do que da vítima

    me perdoe mas machuca essa falta de noção da Bones, morri de pena do Arastto naquela cena, a Bones poderia ser menos né !

    Responder

    1. Nossa, muito diferente! Eu levei um tempo para perceber.

      Mas ela não queria falar, né? O povo ficou insistindo, insistindo e ela dizendo que não era o momento, ainda que ela tenha sido indelicada, ela sabia que não era uma boa notícia.

      Responder

Deixe uma resposta