Elementary: The Female of the Species (3×14)

Se você ficou esperando por uma grande investigação sobre a morte de Andrew com um veneno endereçado à Watson, bem, deve ter ficado um tanto decepcionado com o episódio. Eu, pelo menos, fiquei.

Primeiro porque eles já apontaram a responsável pelo atentado sem que fosse preciso qualquer investigação: a tal líder do crime pega por Watson no começo da temporada. Talvez o problema seja só meu, que não gostei demais daquele episódio e por isso não comprava a moça como grande vilã.

Do outro lado, ao contrário de Sherlock, Watson não tem um hall de inimigos para usarmos, o que tornou a ideia de que Andrew era o alvo verdadeiro do crime interessante. Só que isso ficou no campo das ideias.

Restou então tornar a tal trama interessante no fim do episódio: Moriarty ressurge, eliminando a inimiga de Watson porque, afinal, ela tem de acertar as contas dela com Sherlock e sua parceira sem terceiros atrapalhando.

Só de ouvir a voz dela na carta eu já me animei toda.

Isso e o caso das zebras que não eram zebras, mas quaggas, e Sherlock ensinando Marcus sua forma de trabalho compensaram toda a frustração inicial.

E quem parou de ler meu texto logo no começo ficou achando que eu não gostei do episódio…

Elementary The Female of the Species 3x14

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta