Psych: Juliet Wears The Pantsuit (7×09)

Acho que ficarei como o Shawn: torcendo para que Jules lhe perdoe logo e a gente possa se preocupar com outras coisas. Então foi um alívio ouvi-lo dizer que ele não vai desistir fácil e ver aquele olhar perdidinho dela ao final do episódio – apesar de eu achar que só quando ele “meio que desistir” é que a Jules vai voltar.

Psych: Juliet Wears The Pantsuit (7x09)

Até porque a outra opção era ela voltar porque o viu em perigo e ele já quase morreu na mão da loira louca da semana passada. E vocês vem que eu nem estou reclamando de nada até aqui, o que bem podia acontecer quando escolhem centrar um episódio na Jules enquanto eu ainda estou magoada com ela.

Isso porque gostei da ideia da Mulher Solteira Procura acabar no apartamento da Jules e vamos combinar que elas ficaram iguaizinhas ao final, o que até me deu um arrepio na espinha quando elas aparecem de relance no escuro, meio filme de terro.

Além disso, Shawn estava ótimo: ele precisava ajudar na investigação e ainda assim não irritar Jules com seus trejeitos de médium, então lhe restou ter de manter o auto-controle e a gente sabe que esse não é o forte dele.

Reclamações então só de Woody: sim, a gente sempre adorou o personagem, mas ele está ficando caricato demais pra mim, ainda que eu tenha rido horrores com o anúncio dele para um colega da quarto transformando a praia em seu quintal. Pra vocês também?

P.S. Quem já sabia que Lassie devia ter apostado no fim do casal?

P.S. do P.S. Henry no bar de solteiros, ou sei lá que tipo de bar é aquele: priceless!

P.S. do P.S. do P.S. Assustador quando você acha normal Shawn estar discutindo a custódia de uma caixa de cereal…

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

4 Comentários


  1. Este episódio foi conduzido de uma maneira excelente… Pois, têm de pensar que acabamos de sair de um episódio difícil, que foi “Right Turn or Left for Dead”, e neste daqui, além de continuarmos bem a história, ainda deu pra encaixar as piadas sem forçá-las.

    Destaque para a camisa “Fashion” (literalmente) da Jules, do Proprietário desleixado, do apelido “Blue Ivy Carter” pro Gus e, também, do caso e atuação da moça que fez a Laynie.

    Sobre o Woody, vou ter de discordar… ele trazer aquelas mulheres que mais pareciam travecos pro trailer e usar sapato social num pé e tênis no outro sempre foi a cara dele. Só achei forçado, já no fim do episódio, ele aparecer do nada pra dizer que adorou a camisa da Jules; mas tudo bem…

    Responder

    1. A NBC já está vendendo a camiseta na lojinha do canal, ótima sacada.

      Gostei de Woody e os sapatos trocados e morando no trailer, já a história com as mulheres achei forçada, preferia ver ele e Shawn dividindo teto mesmo…

      Responder

  2. confesso que ainda estou perdida nesta situação entre o Shawn e a Jules … nem consigo comentar

    sorry …

    Responder

Deixe uma resposta