Scandal: Enemy Of The State (1×04)

Serei muita chata contando o número de vezes que a senhora competência Olivia Pope foi passada para trás neste episódio de Scandal

Scandal: Enemy Of The State (1x04)

É gente, quatro episódios contados e eu desconfio cada vez mais de que Scandal não é para mim. Sim, os casos em que a equipe dela se mete até que são interessantes, gosto bastante dos diálogos, um ou outro personagem consegue segurar minha atenção por mais de cinco minutos, mas os santos da protagonista e o meu não se batem.

Sim, eu devo assistir até o final desta temporada, até porque eu estou louca para descobrir que é que está manipulando a Amanda  e qual seria a verdade sobre o caso – porque caso com o presidente ela teve, mas acho que a gravidez não é verdadeira. Cheguei até a desconfiar do Cyrus, mas depois pensei melhor e conclui que o moço nem chega a ser um vilão direito, ele é daqueles que enfia os pés pelas mãos em nome do “bem maior”.

E eu elogio para depois falar mal: o caso dessa noite não teve nada de realmente especial e eu fiquei passada da dona Olivia conseguir dobrar um ditador sanguinário com apenas um discurso. Sério, o cara é odiado por todos, o presidente fala mal do que ele faz, mas ele é convencido por um discurso de Olivia Pope.

Foi demais para mim…

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

8 Comentários


  1. Não sei o que me irrita mais: a personagem ou a atriz. Aquela cara de zangada o tempo todo me cansa.

    Responder

  2. Exageros a parte, a Olivia é realmente antipática, não sei se o personagem ou a atriz ou ambos. Li esta semana na “Monet” que a Shonda não pensou em outra atriz para a personagem. Difícil de acreditar, quando a atriz parece justamente o maior problema da série.

    Responder

  3. Ivonete, concordo com vc. Mas acho tb que o roteiro peca e muito em fazer a personagem tão transparentemente rancorosa. Sabemos e conhecemos, no mundo corporativo, pessoas que conseguem de tudo com simpatia e persuasão mas que são umas cobras. Não acho que a personagem tem tanto poder pra bancar a antipática.

    Responder

    1. Sim Cleo, é verdade:a gente sabe de quem consegue tudo que quer, mas isso com jeitinho, não batendo porta que nem a Olivia faz. Vamos combinar: ela não é ninguém. Ela não ter poder algum para fazer o que faz.

      Responder

  4. Terei que discordar de vocês, pois acho que esse a arrogância da atriz é o que faz a Olívia ser o que é (uma mulher forte e que ao que a série vem mostrando muito companheira, porque todos que trabalham com ela parecem muito gratos). Acredito que quem está de complô com a Amanda é a esposa do presidente e o vice dele. A amanda está sendo manipulada por esses dois.

    Responder

    1. Oi Andrea,

      Não acho que a esposa esteja envolvida, ela não ama o marido, mas ama ser a primeira dama. Já o assessor da vice me cheira muito mal.

      Só que continuo não suportando a Olívia, seja a personagem, seja a atriz a arrogante.

      Responder

Deixe uma resposta