Once Upon A Time: What Happened to Frederick (01×13)

once upon a time what happened to frederick 1x13 james mary emma henry

Opa, opa, ainda dá tempo? Passei o dia entre enrolar brigadeiros, esquentar salsichas, fazer purê, arrumar mesa, mas não podia deixar de falar, nem que rapidinho, do episódio em que descobrimos que o príncipe James é muito mais homem do que sua versão no mundo real.

Porque, vamos combinar, ele só se esquiva, fica no meio do muro, fala que quer, mas não faz, fala que faz, mas se esconde. E sobra logo pra Mary? Considerando que esta moça é minha segunda personagem favorita (perde pro Runpelscoiso) eu só posso dizer: bluuuuuu (imaginem que estou mostrando a língua!).

Do outro lado, descobrimos que a Kathryn não é vilã, nem mesmo uma mulher disposta a tudo por um homem que não a ama. Ao contrário disso ela quer um amor verdadeiro. Once Upon A Time, então, nos apresenta “Frederick” (ainda não sabemos o nome do moço na vida real) que, ao que parece, a salvará de um acidente de carro, ocasionado porque ela tentou sair da cidade.

E, como só Once Upon A Time pode fazer pra nós, a versão de contos de fadas da moça se sai ainda melhor: Abigail não somente liberta James da obrigação de se casar com ela como ainda nos conta a linda história de seu amor, que acabou convertido em ouro ao defender seu pai.

Enquanto David não é capaz nem de falar para Kathryn que está apaixonado por outra, do lado de lá James luta para conseguir libertar o amor de Abigail da maldição, enfrentando a guardiã do lago, que se revela uma sereia.

Para quem não conhece a série isso pode soar meio samba-do-crioulo-doido, mas eu garanto: esses roteiristas sabem direitinho como misturar tantas histórias.

Ah, quase que eu esqueço: Emma aceita sair com o moço bonitão cheio de mistérios (e ele falou seu nome, mas eu não consigo lembrar)… E ele me deixa cada vez mais curiosa: não somente ele a leva até um poço dos desejos e mostra acreditar em fantasia como ainda teria escrito novas páginas no livro de Henry, o deixando aonde Emma poderia encontrá-lo…

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

15 Comentários


  1. Também achei que o James se mostra melhor que o David.
    E pela chamado do próximo episódio, a pobre da Mary vai ser responsabilizada pelo desaparecimento da Kathryn (armação, claro, da nossa querida malvada Regina). O homem misterioso não aparece também em Covert Affairs (alguém assiste?)?

    Responder

  2. olha eu acompanho muitas séries mas se eu tiver que dar o adjetivo de PERFEIÇÃO ela vai com louvor para OUAT

    o David a cada dia vai caindo no meu conceito coisa acontece inversamente com o James que a cada dia me apaixono mais

    August Wayne Booth
    eu li no imdb que August Booth é a versão adulta do Pinóquio … será ?

    Responder

    1. Mirian, então, eu falei no review que ele acrescentou novas páginas ao livro, a gente só não sabe quais… E, mais importante, quem é ele para saber o que mudou ou não nessa história?

      Responder

  3. ia esquecendo a relação do Henry com a Emma é linda os dois tem uma química muito legal!!!

    Responder

  4. Ele acrescentou a historia em que ele aparece no livro que antes o livro do Hanry não tinha.

    Eu acompanho pela internet e já vi a temporada toda e posso dizer q esse misterio e muito bem e resolvido de uma maneira excelente assim como o plot do sumiço da Katherin.

    Responder

Deixe uma resposta