Pan Am: Truth or Dare (01×07)

Poxa, logo agora que eu estava adorando Kate e Niko e o desafio de ficarem juntos tudo se acabou. Diga-se de passagem: acabou rápido. Foram apenas três episódios entre os dois se conhecerem, se amarem loucamente e se separarem, com Niko seguindo de volta para Iugoslávia como um agente duplo não muito dedicado – pelo menos foi isso que eu entendi da conversa dos dois, cheia de silêncios.

Uma pena. Acho que o romance trouxe brilho para a personagem Kate, que não estava se acertando antes, além de colocar o lindinho do ex-Kovac de volta em nossa vida.

Centrado nesta trama o episódio também não nos trouxe muito mais para contar aqui: Maggie ficou totalmente de lado, sem que víssemos qualquer consequência de seus atos, seja para ela mesma, seja para Dean; Colette fez ponta de piloto de avião (adoro tanto a personagem que me recinto de vê-la tão pouco, mesmo gostando da cena) e Laura encontrando romance nos braços de Joe, um marinheiro americano negro em um tempo em que o racismo ainda era muito forte.

Achei que a trama criada para Laura tinha futuro, mas foi tudo tão apressado que não me desceu bem, existia potencial para algo verdadeiro ali, agora ficaremos apenas com a lembrança da passagem do moço pela vida dela.

P.S. Frustradíssima com o fim da relação. Tinha esperança que Niko pudesse ficar.

P.S. do P.S. Certeza que as tais fotos da Laura trarão confusão futura.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta