Preview: Look, Lost Girl e Teen Wolf

Lembram que eu falei do Sony Spin? Pois agora vou contar para vocês um pouco mais sobre três das principais novidades do canal: Look, Lost Girl e Teen Wolf.

Nos últimos anos o Showtime virou sinônimo de inovação quando o assunto são séries de TV: Assassino em série que é policial? Seriados históricos com apelo forte em drama e sexo? Sim, eles fazem tudo isso.

Então o canal se tornou a casa certa para Look, uma produção experimental que estreou no ano passado nos EUA e que mistura imagens gravadas em alta definição, de câmeras de segurança ou câmeras de celular. A origem pouco importa, a questão é que, aonde você estiver, você dificilmente escapará de ser gravado por alguma câmera.

Mas não se trata de um reality show. Os episódios são roteirizados e os personagens (o professor de seus filhos, o gerente de uma loja, o caixa do mercado, pessoas do nosso dia a dia) são interpretados por gente como Marcus Giamatti (sumido desde Judging Amy) e Giuseppe Andrews (Two Guys And A Girl).

E como seriam essas imagens? Como sua vida pareceria ser se essas imagens fossem montadas? É impossível ficar indiferente ao que você vê, afinal, podia ser você.

Lost Girl é uma produção canadense que explora o sobrenatural – se você pensou em The Vampire Diaries você acertou – com uma protagonista linda, jovem e transgressora.

Bo (Anna Silk) é uma súcuba, ser sobrenatural semelhante a um demônio, que se alimenta da energia sexual de homens ou mulheres. Ela os usa e depois descarta. Mas aqui aparece o problema: Bo não foi criada por seus iguais, mas por seres humanos, que lhe ensinaram que o sexo é pecado e por isso ela nem imagina os poderes que tem.

Até que a primeira relação acontece e quase mata o namorado. Confusa e com medo ela abandona a família e acaba por descobrir o que realmente é. De novo ela não aceita o destino e resolve buscar por mais respostas na esperança de poder parar de matar.

Em sua trajetória ela encontrará outros seres estranhos, alguns sobrenaturais e outros mutantes, além de humanos que tentarão lhe ajudar a conter seus impulsos.

Baseada em uma lenda medieval, o lançamento da série contou com o lançamento na internet de Lost Girl: The Interactive Motion Comic, aonde o internauta escolhe entre seis aventuras disponíveis que servem como prelúdio para a série. Sua segunda temporada já está garantida e estreia lá fora em Novembro de 2011.

Quem não lembra de Teen Wolf, filme estrelado por Michael J. Fox produzido nos anos 80? Não lembra? É, você não tem a minha idade.

Pois a nova série produzida pela MTV americana e cuja estreia no Brasil será colada a estreia lá fora, é baseada neste filme que mostrava um lobisomem adolescente tentando se encaixar na escola, na família, na vida.

E se tem algo mais assustador que se descobrir um lobisomem eu acredito que seja mesmo ser adolescente. Principalmente quando você não é “o” adolescente, o líder do time de basquete ou o mais bonitão.

O adolescente em questão é Scott McCall (Tyler Posey), que sempre foi o esquisitão, aquele que é tão estranho que nem sofre bullying, acaba ignorado mesmo. Até o momento em que ele dá de cara com uma criatura muito estranha na floresta e, bem, nada mais vai ser do mesmo modo.

*Este é um publieditorial, semelhante aos anúncios publicitários que você vê em revistas e jornais.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

10 Comentários


  1. Lost Girl é muito legal e com TVD tem em comum o tema, mais nada, felizmente. Gostei muito da Bo, mas quem rouba a cena é a Kenzi, não tem como não amar a guria. E sonhar com o Dyson, lógico.

    Responder

  2. adorei o primeiro epsódio e acho que esta série tem tudo para se tornar uma febre de sucesso aqui no Brasil. Acredito que os jovens vão curtir bastante principalmente quando a bo estiver tendo que sugar a energia de algum humano. rsrsrsrsrs ameeiiiii as cenas de amor em que a bo se entrega a doutora com todo sentimento que ela realmente sente por ela, acho que a série deve levar a bo para uma paixão lesbica com a doutora que ja deu sinais de que gosta muito dela, acho que o público gls ficaria bem satisfeito com este casal.

    Responder

  3. Adorei a série ter feito um epsódio em que a bo fica com uma mulher foi super legal, espero que elas continuem juntas pois a série se torna muito mais interessante com um casal diferente.

    Responder

  4. Acho que esta série tem tudo para se tornar uma febre entre os jovens poista de uma série, quem não gosta de uma série cheia de ação, suspence, e muito sexo, só pra variar. Além disto o próposito de fazer a bo ser uma heroína gay deu todo um charme á personagem que por se só já é tudo de bom. Acho que as séries que tem casais de lésbicas tem mais audiencia hoje em dia. Vejo que o público jovem adora abordar este tipo de tema nas séries. mas enfim adoreiiiiii e torço para que continuem juntas a bo e a doutora. bjossss.

    Responder

    1. Eu acho que o público jovem aceita melhor, afinal, já nasceu num mundo em que isso é normal já. Por conta disso, mais e mais séries possuem personagens assim. Que bom que gostou da série, pena o canal não ser do pacote básico.

      Responder

  5. Vi na quarta feira (27/o7)o primeiro episódio da série Lost Girl na Sony Spin e gostaria de deixar registrado que admiro a iniciativa da emissora em dublar esta série, pois a dublagem brasileira é uma das melhores do mundo. Infelizmente, não foi o que constatei nesta série, porque a personagem Lauren ficou com uma voz pateticamente ridícula. Acho que faltou critério, por parte do diretor, ao escalar os dubladores. Não basta ,simplesmente, ler um texto é preciso saber interpretá-lo.

    Responder

    1. Oi Cláudia, acho que vale você fazer o seu comentário lá no site do canal ou, ainda, na página do Facebook deles. Quem sabe eles pensam nisso, né?

      Responder

  6. oi poderia me dizer quando sai lost girl 2 temporada dublado pra baixar?
    porfavor me responda

    Responder

    1. oi mirely, apaguei seu email do comentário porque se não ele ficaria público para todos.
      infelizmente não sei se você encontrará a versão dublada do site na internet, eu desconheço.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *