Pelo Fim da Violência Contra a Mulher

“Quem desarma o coração jamais será visto com armas na mão, nem mesmo das mãos fará arma”

Márcio Campos – Bicicletada SP

Eu estive viajando e não sabia se conseguiria fazer um post hoje, que é o Dia Mundial Contra a Violência Contra a Mulher, sobre a necessidade da não violência. Aí, lendo um dos e-mails do grupo da Bicicletada-SP, me deparei com a linda frase acima, que torna poesia a necessidade de abrirmos o coração para a paz. E resolvi que eu precisa arrumar um tempinho para falar do assunto.

Não falar da paz mundial, tanto desejada, mas que exige esforços de tantos e que envolve políticas quase sempre tão longe de nosso alcance.

Quero falar da paz diária, feita do desejo de um mundo melhor.

Um mundo em que as pessoas possam escolher seu destino, sem medo do outro.

Um mundo onde o medo da mulher não more junto dela, em sua própria casa.

Um mundo aonde se possa confiar no próximo como confiamos em nós mesmos.

Um mundo aonde o braço esteja para o abraço.

Um mundo aonde as mãos nos dêem apoio.

Vamos então, cada um de nós, mais que desejar esse mundo de sonhos, bradar aos quatro cantos que ele é necessário, denunciar os abusos, apoiar quem precisa, divulgar os caminhos.

Para saber mais, acesse o site da campanha e veja o que está sendo feito em toda a América Latina. Conheça também a Rede Social Lei Maria da Penha, que reúne pessoas engajadas nesta luta.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

5 Comentários


    1. Obrigada Lú!! Agradeço sempre o fato de ter vocês na minha vida, é maravilhoso encontrar pessoas de alma e coração tão lutadores, honestos, bonitos.

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *