7 comentários em “Bon Bini a Hopi Hari – Sério?”

  1. carlos
    carlos 18/12/2009 em 5:48 pm

    quanta ta

  2. Amanda
    Amanda 01/02/2010 em 1:24 pm

    olha..pra mim vc só ta reclamando pq não aproveitou nada.
    1º em qualquer parque q vc va, vc vai egar filas enormes
    2º em todos od parques q vc for vai ter brinquedos q seram pagos a parte
    3º se voce quer mesmo aproveitar os melhores brinquedos do parque, voce pode, msm com sua filha junto.
    eu fui ontem no parque e tinha um monte de familias com crinaças pekenas na Montanha russam etc. eles deixaram a criança na leteral atras de uma grade junto com um dos munitores.
    a comida eu concordo q não é das melhores, tanto q eu passei mal…

    conclusão….Pra mim voce só ta reclamando pq não aproveitou

  3. LAILA
    LAILA 28/03/2010 em 1:06 am

    OLHA APESAR DE EU TER IDO APENAS UMA VEZ NO HOPI HARI EU GOSTEI MUITO,FOI D+

  4. José
    José 21/06/2010 em 1:49 am

    Eu tenho que concordar com a autora do post em alguns aspectos, porque o parque sofre com problemas que, conforme pude observar em reclamações feitas em outros sites, são de amplo conhecimento da gerência e perduram mesmo assim, talvez por incompetência, descaso ou por preguiça de resolvê-los. Entre eles, posso citar: a) a impressionante falta de organização nas filas (o problema nem é a fila gigantesca, pois isso, como dito, existe em todos os parques, mas, sim, os espertinhos, que querem a toda hora furar a fila; isso estraga o passeio de qualquer um, até o mais paciente dos indivíduos há de se irritar com isso, principalmente com o fato de os monitores e seguranças fazerem vista grossa diante da situação); b) os altíssimos preços da comida, que é pior do que qualquer fast food por aí, da bebida, do estacionamento, enfim, de tudo que se queira consumir no parque (o preço é tão alto que dá a impressão de que o cliente está pagando por um luxo, ou está sendo penalizado para usufruir de comodidades básicas); c) o sistema para furar a fila “oficialmente”, o Hopi Pass, que é igualmente caríssimo (que, por sua vez, dá a impressão que o parque tem consciência da ineficiência das filas e, por isso, institucionalizou um sistema menos desgastante para os que se dispõem a pagar por isso); d) sempre há brinquedos que estão em manutenção ou com a sua capacidade de funcionamento reduzida, contribuindo ainda mais para a morosidade das filas (a questão da segurança dos brinquedos nem está sendo abordada aqui, tendo em vista que não tenho como opinar sobre ela); e) banheiros imundos o dia inteiro (acho que a política é algo do tipo “já que vai sujar de novo, é melhor nem limpar”). Não posso dizer que não me diverti, não é esse o ponto. Pelo contrário, as atrações são muito divertidas. Mas também não posso dizer que não me irritei com algumas coisas, em especial os espertinhos furando a fila. O que é uma pena, pois o parque tinha tudo para dar certo e se equiparar aos grandes parques internacionais. Mas por enquanto, se mantém como um parque legal, divertido, mas cheio de problemas. Quer se divertir? Vai ter que se estressar bastante para isso. Essa é mais ou menos a idéia.

    1. Simone Miletic
      Simone Miletic 21/06/2010 em 9:17 am

      Olá José,

      É isso mesmo: você se diverte, mas são muitos os sacríficios. Acho que a grande questãoa qui é a falta de concorrência, o que permite que o pessoal da administração durma em berço explêndido. Depois reclamam que faturam pouco. Se as coisas fossem melhores certeza de que eu voltaria muitas outras vezes…

  5. Cleber Bueno
    Cleber Bueno 24/09/2011 em 11:50 am

    Gostaria de expor que concordo plenamente com o post. Eles pecam principalmente na manutenção do parque, é possível notar que tem pouquíssimos funcionários dentro do parque, para apoiar, dar informação, limpeza, atendimento nas lanchonetes e restaurante.

    Mencionaram da comida ruim da lanchonete, que eu mesmo já comi e pude comprovar, sabendo disso preferi ir ao restaurante deles que tem uma boa estrutura incluindo ar condicionado, no entanto, sem benhuma brincadeira, fiquei esperando algo de duas horas e meia para sentar na mesa e começar a comer, e detalhe, comida horrível e extremamente cara, o arroz estava totalmente cru. Achei melhor nem reclamar porque seguramente eu ia esperar mais horas para ser servido com outra comida ruim. Separarei o que não dava para comer e comi o resto.

    Li um comentário criticando o post onde falaram que qualquer parque é assim, DISCORDO, sou fã de parques de diversão e já visitei algo em torno de 11 ou 12 parques diferentes em outros países e posso dizer que NUNCA vi um parque tão ruim em serviços do que o Hopi Hari. E olha que esses outros parques recebem publico do mundo inteiro e mesmo assim funcionam perfeitamente, boas opções de lanchonetes, banheiros sempre limpos, filas com estrutura para dias de muito calor, bastante funcionários, todos os brinquedos SEMPRE estão funcionando. Quando o Hopi Hari foi inaugurado era para ser com a mesma estrutura desses outros mega parques, porém eles estão anos-luz.

    Contribuindo no comentário do Jose, muitos parques tem a opção de pagar mais caro para não pegar fila, isso é muito comum em outros países. Portanto, não foi algo que o Hopi Hari resolveu inventar para ferrar ainda mais o público. 🙁

Deixe seu Comentário