The Blacklist: Dr. Adrian Shaw (No. 98): Conclusion (4×08)

Dois motivos para este episódio de The Blacklist ser importante:

  1. Toca Elliott Smith. Mais: toca Between the Bars, minha música favorita do Elliott Smith. Para ouvir clique aqui.
  2. Red finalmente respondeu ao Kirk e a todos nós: ele é o pai da Liz.

Mais que isso, ele nos deu algumas informações de porque estamos na situação em que estamos: a mãe de Liz era uma espiã e é provável que Red tenha sido para ela uma missão que foi longe demais e resultou na gravidez. Ela então se casa com Kirk, que acreditava realmente ser pai de Elizabeth, seja por outra missão seja porque a posição dele seria favorável ao que ela precisava fazer.

O problema é que Red sabia da verdade e não deve ter se afastado dela mesmo depois do casamento. O que ele não disse, mas podemos supor, é que vendo quem Kirk era ou porque a mãe de Liz concluiu que não conseguiria ficar separada dele, Red tirou as duas da Rússia e levou para os EUA. Só que o passado cobrou seu preço, matando Katarina e fazendo com que Red colocasse a própria filha com outra família.

Não sabemos ainda quem matou Katarina, se foi o próprio Kirk ou o governo russo, mas a grande questão para mim é que Liz foi protegida todo esse tempo, até que Red aparecesse. A senhora Kaplan diz que foi Red quem as colocou em perigo, mas eu não consigo deixar de achar que ele apenas se revelou porque teve medo de que, após a entrada da garota no FBI, ela acabasse sendo encontrada sem que ele pudesse ajudá-la de longe.

Mas, como eu disse, tudo isso é especulação minha… Tão especulação quanto os textos americanos que li em que eles questionam que Red, ao responder Kirk, estaria apenas mentindo novamente. Será?

Eu não acredito. Acredito na inversão de papéis da audiência, que agora sabe algo que Liz não sabe. O jogo agora é quando ela descobrirá e em que estado a relação dos dois estará até lá.

Falando da Liz: quase morta pela namorada do Kirk, heim? Não fosse o FBI descobrir onde estavam, um verdadeiro milagre já que Red não podia ajudá-los, era isso que ia acontecer. Mas eu absolutamente dispensava o discurso da moça falando que Kirk virou um demônio por causa da Liz. Me poupem, né?

Alguém tem algum palpite do que Red falou no ouvido do Kirk no momento final?

Também tocaram no episódio:

Voodoo in My Blood – Massive Attack & Young Fathers
Say Goodbye – Beck

P.S. A senhora Kaplan resolveu contar a verdade ao tipo estranho que a resgatou. Ela escolheu, ao que parece, continuar escondida por enquanto.

 

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *