Grimm: Into the Schwarzwald (5×12)

Mas, gente, que episódio foi esse? Grimm tem feito uma quinta temporada tão, mas tão redonda!! Repito o que falei no twitter quando este episódio acabou: a sensação vigente é de que ela será uma daquelas poucas séries que vai chegar ao fim e todos os episódios foram ótimos.

Grimm: Into the Schwarzwald  (5x12) s05e12

Monroe e Nick não somente encontraram a tal arca como ainda conseguiram sair vivos da floresta, ainda que estivessem em minoria absoluta em relação aos wesens que os atacavam – alguém mais acha que os caras que os atacaram nem são maus de verdade, tipo não são BC, mas apenas estavam defendendo algo que foi dado a eles para defender? – usando mais a cabeça do que os músculos. Monroe merecia um Oscar por sua atuação enganando o pessoal que vigiava os carros e Nick pontos extras por não esquecer de furar os pneus dos perseguidores.

Em quantas séries que você já assistiu não era justamente isso que você queria quando os mocinhos estão em fuga?

Bom, de volta aos EUA eles abrem a arca, ainda que não tivessem todas as chaves, ou seja, de novo o triunfo da cabeça, e descobrem… Um galho.  Todos nós com aquela cara de “que raios é esse galho” quando Monroe começa a piorar por conta da tal mordida que levou e sem querer descobrimos que o galho cura.

Monroe: It’s a stick?!
Hank: It looks like a stick.
Wu: A really old stick.
Rosalee: It can’t be just a stick.

Yes, people, o galho cura! Seria ele parte da madeira da crucificação? Porque tudo indica que estamos caminhando na direção de ligar toda a nossa saga Grimm a origem da religião católica, não é verdade?

E, importante, será que essa é a única coisa que o galho faz? Se não é, ele vai ajudar o pessoal a lutar contra os povinho horrível que parece estar surgindo em todos os lugares? Porque a nossa aposta estava certa e toda aquela movimentação do atentado em Portland tinha a ver com eles e tinha a ver com o fato de que eles querem recrutar Renard para seu exército.

Não foi só isso: o ex da Rosalee resolveu dar as caras, de forma ainda pior do que eu esperava, e no meio da tensão toda Adalind voltou a ter poderes. Gente, ver o medo dela do que isso pode fazer com ela e com a relação dela com o Nick foi de partir o coração. Espero que isso não signifique nada de mal para eles!

P.S. Confesso, amei a atuação da Eve na detenção do assassino, fosse usando o ciclista, fosse depois “adormecendo” o moço com seu bafo. Risos.

P.S. do P.S. Seria Jesus um wesen?

 

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *