NCIS New Orleans: The Recruits (1×04)

E a participação especial deste episódio não foi da equipe da série mãe, mas ainda assim bem especial: Vanessa Marano, a Bay de Switched at Birth, apareceu no papel de garota da faculdade com vida paralela em cujo quarto um rapaz da marinha acaba sendo assassinado.

Confesso que até Sebastian e Loretta terem explicado toda aquela história de se fazer um silenciador com uma garrafa de refrigerante – sempre adoro os momentos dos dois, Sebastian é uma peça – eu ainda tentava entender como o rapaz tinha sido morto com tiros ao lado dela na cama sem que a guria ouvisse nada, mas desde o início do episódio eu estava tão certa de sua inocência quanto Pride.

Inclusive fiquei um tanto irritada com a certeza de LaSalle e Brody de que a menina não prestava. Irritação que aumentou quando a verdade sobre o trabalho dela veio a tona e os dois me pareceram bastante preconceituosos.

Sorte que o roteiro também não a transformou em uma santa que teria seguido por aquele caminho porque foi obrigada ou algo do tipo. Ela era uma garota que fez uma escolha errada e que apenas queria uma segunda chance, mas acabou esbarrando em uma guria ruim de verdade e um idiota segurança de escola com ilusões de poder.

Ah, ainda tivemos momentos fofos entre o Pride e sua filha – tô aqui na torcida para que ele e a esposa encontrem uma maneira de acertar as coisas – e a participação de Daryl Mitchell como agente especialista em tecnologial

NCIS New Orleans The Recruits 1x04 s01e04

 

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta