The Good Wife: Undisclosed Recipients e Loser Edit (6×17 e 6×18)

De novo a exibição dupla da The Good Wife beneficiou o andamento da história, não é mesmo? Afinal em Undisclosed Recipients tivemos apenas um vislumbre dos efeitos que o vazamento dos e-mails da FAL poderiam ter sobre a nova carreira política de Alicia. No episódio seguinte nós vemos os vários desvios necessários para minimizar o impacto disto e acabamos descobrindo que, bem, o vazamento foi um problema bem simples perto do que Alicia ainda vai enfrentar.

The Good Wife Undisclosed Recipients 6x17 s06e17

Responda para mim de forma rápida: o que aconteceria se os e-mails que você escreveu nos últimos 5 anos fossem revelados para todo mundo? Você teria motivos para se envergonhar? Você perderia amigos queridos? Seu emprego?

Esse drama com certeza foi inspirado pelo vazamento dos e-mails da gigante Sony, mas na verdade é mais próximo do que a gente deveria se lembrar que é: eu conheço pelo menos uma pessoa que perdeu seu emprego quando e-mail em que ela falava mal de companheiros de equipe e chefes foram obtidos – e nem foi preciso um hacker para tanto, outra pessoa deixou a empresa e seu substituto procurava algumas informações em seus e-mails profissionais quando deu de cara com esses outros.

Conselho da tia Simone do dia: se você teria vergonha que alguém lesse o que você escreveu, bem, não escreva.

O roteiro foi então tremendamente feliz em mostrar os efeitos dos segredos revelados, dos julgamentos que antes permaneciam escondidos, dos apelidos nada carinhosos. Alicia disse que aquelas palavras foram escritas em momento de raiva. Cary disse que nos momentos de raiva costumamos sendo mais sinceros. Eu diria que Cary está certo.

Só que Alicia tem mais com que se preocupar que seus colegas de trabalho ficando magoados com algo que ela disse: ela é jogada no furacão da eleição com a visita de dois de seus apoiadores que não demoraram nada a apresentar sua fatura pelo apoio, e ainda nem respirou direito quando pensa no que seus e-mails com Will podem significar para sua carreira recém iniciada.

E não foi só isso: ainda vimos a questão da saída de Alicia da firma, que não quer pagar o que ela merece e quer usar o fato dela ser obrigada a sair contra ela, e Marisa passando de mera coadjuvante a parceira de Alicia, algo que não víamos desde o afastamento desta de Kalinda.

Foi um daqueles episódios irretocáveis em que o roteiro, nossa, de deixa de boca aberta de tão bem que funcionou. A trama dos e-mails e seu efeito na firma e a trama de Alicia descobrindo o que é fazer política tão bem alinhadas. Só esse episódio já valia prêmio de melhor série dramática – não adianta, eu fico achando que série evento como Game Of Thrones pode ganhar outros prêmios, mas não o de melhor série dramática.

Não que Loser Edit tenha ficado devendo nada a seu predecessor: o temido vazamento dos e-mails de Alicia e Will acontece bem quando ela tem que gravar uma entrevista por sua vitória e Kalinda também precisa enfrentar os seus demônios quando uma investigação sobre o tal e-mail não lido se inicia.

É, a vida pode ficar bem complicada quando você acha que ela está melhorando…

The Good Wife Loser Edit Alicia Eli Marisa 6x18 s06e18

Novamente o roteiro impecável nos mostra as manobras para que Alicia e Peter possam se sair com alguma honra de uma situação como essa e quando eles mostram esses pequenos detalhes da “manipulação da verdade” ninguém se sai melhor que o pessoal que escreve essa série: se no episódio passado eram as tais 48 horas para a decisão, aqui é a possibilidade de uma entrevista de Peter a noite que permite que Alicia conte sua versão da história antes dela ser divulgada do jeito errado e que todos respirem aliviados.

Quer dizer, isso até jogarem a bomba de urnas fraudadas em cima deles. Mais alguém pensou e Bishop ferrando com a Kalinda quando ela lhe encostou na parede para ajudar Cary? Sim, a jornalista não gostou nada nada de ser passada para trás e parece ter encontrado algo bem mais suculento para o jantar.

A coisa também não se resolveu bem para Kalinda: apesar da prestativa ajuda de Finn, não vejo muito como ela vai escapar do fato que realmente alterou aqueles metadados do e-mail. E se a gente achou que ela cairia sozinha e a coisa não seria tão ruim, fomos brindados com a ideia de que Diane pode cair com ela. Algo nada agradável de imaginar.

Alicia e Diane não tem um futuro agradável a frente e é impossível não pensar que nem é por algo que elas fizeram: Alicia terá de enfrentar as consequências de alguém ter fraudado as urnas sem que ela soubesse, já Diane terá de enfrentar as consequências de ter pego o notebook de Kalinda e usar o tal e-mail sem saber o que a investigadora tinha feito.

E sobre a saída de Alicia da firma? Sim, o assunto ficou de fora, mas, gente, com Diane tendo que se ocupar do tal julgamento falso – confesso que essa parte me deixou meio confusa, afinal tinha juiz, tinha cliente, tinha acusação, defesa e não era julgamento – eu até perdoei esse detalhe.

Além disso, isso realmente é o de menos frente a essas encrencas todas.

P.S. Ah, Eli!! Que show foi vê-lo em Undisclosed Recipients! E Alicia aprendeu direitinho a lição.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

1 comentário


  1. até hoje não consigo entender da Alicia preferir o cargo de Procuradora a ser dona do seu próprio escritório

    já sabemos que a grana não é lá essas coisas, o cargo tem posição

    e vi a Alicia negociar a sua saída por 500 mil e terminar de aceitar 100 mil, e ela disse que estava na briga pois precisa do dinheiro para o futuros dos filhos … bem foi uma péssima jogada

    e quando penso que Alicia & Peter tinham sumido eu vejo a Alicia ficar levemente ruborizada em ver que Peter ainda a quer

    e a nossa freira-bruxa-agenteFBI (misturas de American Horror Story e The Whispers) que agora dando de jornalista consegue dar uma rasteira e revelar um furo maior que o vazamento de e-mails

    o Eli deu show, Divou … só espero que a Alicia se convença que nem tudo que ele diz não vale … pois se tratando de lidar na política ele manda muito bem

    e sobre meus e-mails, nunca achei que fosse um lugar seguro para dizer o que pode me comprometer e além do mais escrever é deixar documentado algo que eu poderia me arrepender, mas se um dia (se é que existe esse tipo de vazamento) vazar conversas ditas em chat … aí terei que me preocupar heheheheheheh … principalmente pois já xinguei muitos canais de tv

    Responder

Deixe uma resposta