Bones: The Big Beef at the Royal Diner (10×16)

Pergunta do dia: você prefere o Hodgins e a Angela voltando a ser ricos porque ele descobriu o tal produto ou que eles tivessem realmente resolvido a questão do Pelant, provando que governo e FBI não são tão inúteis, e devolvido o dinheiro originalmente dele? Porque, aqui entre nós, se era para devolver o dinheiro deles de qualquer jeito, antes que fosse remendando a péssima trama do Pelant.

Mas isso pode ser somente euzinha de novo reclamando da pior trama já vista na história da TV, e olha que eu assisto umas bombas vez ou outra.

Bom, não que essa seja a única coisa de que vou reclamar, afinal estamos assistindo Booth se afundar de novo no vício e se o tal colar presente não foi alarme o bastante para a Brennan, espero que a medalhinha de sobriedade perdida seja.

Outra história que teve continuidade foi a de Arastoo no Irã, confesso que tinha achado que eles já tinham até esquecido disso, afinal ele não foi citado no episódio passado, nem que fosse apenas para nos mostrar Cam pirando de preocupação com o namorado e Clark tentando acalmá-la sem sucesso. Tarefa bem executada por Brennan, ainda que sem intenção de arrumar nada, apenas falando o que realmente pensava.

Pelo menos Clark funcionou em fazer um rap com a Brennan para ensinar à Cristine os ossos do corpo humano – alguém mais acha preocupante a guria de 4 anos decorar os nomes estranhos dos ossos com tamanho facilidade? Me incomoda um tanto essa insistência dos roteiristas em mostrar que a filha de Brennan não poderia ser normal como as outras.

Bones The Big Beef at the Royal Diner s10e16 10x16

Falando do caso da vez, a morte do tal crítico gastronômico de quem o Aubrey era fã – Booth falando que não precisa assistir TV para ver alguém devorar dois cheeseburguers mais dois milkshakes e não sei mais que outra iguaria, foi um momento muito amor – prometia confusão, afinal ele havia criticado duramente o restaurante que todos do museu amam, mas no final foi resolvido de forma bem mais simples, apenas um colega de trabalho infeliz.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

2 Comentários


  1. Oh….temporada chata jesus……cheguei ao final muito a contragosto…..e já estreou lá fora e nem consegui ver nada ainda.

    Responder

Deixe uma resposta