Bones: The Eye in the Sky (10×15)

Melhor frase do episódio: E eu posso continuar a comer os meus biscoitos!!

Diga-se, essa também foi a reação mais espontânea possível quando as opções são estar gorda ou estar grávida. Não, não menospreze essa pequena felicidade.

Sim, a grande notícia do episódio foi que Brennan e Booth serão papéis novamente – sim, tudo por conta da segunda gravidez da atriz – e agora só nos resta rezar para que os roteiristas não errem de novo ao resolverem incluir a gravidez na trama da série.

Só que o final do episódio já me deu calafrios quanto à isso: Booth voltando a apostar, mesmo depois de ter resistido a levar o jogo em frente quando descobriram o culpado pelo assassinato, significa drama à frente para o casal e isso me desanima completamente.

Bones The Eye in the Sky 10x15 s10e15 Booth

Na verdade a gente bem podia desconfiar disso, já que o episódio foi mais sobre o medo de todo mundo de que Booth caísse de novo nas garras do vício do que sobre a investigação da morte do tal jogador. Se eu entendo o medo de todo mundo? Até entendo, mas eu realmente torci para que o drama terminasse nesse episódio.

Para balancear, os roteiristas colocaram o nosso Rei do Laboratório descobrindo um piso que evita que vidros se quebrem. Eu achei o invento bem útil e, bem, isso também resolve o problema que eles mesmo criaram ao deixarem Hodgins pobre por um truque do Pelant que ninguém foi capaz de corrigir.

No balanço final: divertido. Vocês já perceberam o quanto eu ando repetindo essa palavra para falar de Bones? O problema é que ela sempre vem acompanhada de esquecível e, neste episódio, de receio com relação ao futuro.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

1 comentário


  1. medo … muito medo deste finalzinho !

    Booth meu querido não vá por esse caminho …

    pelo menos essa gravidez é válida pois a primeira só pelo divino espírito santo para ter acontecido

    Responder

Deixe uma resposta