Elementary: For All You Know (3×16)

Coração partido pelo menos duas vezes neste episódio: pelo tormento de Sherlock ao não saber se matou ou não matou a tal mulher – e eu nem consigo imaginar como é se sentir assim – e depois quando ele confessa para Watson, e para nós, que não lembrar daquele passado lhe traz algum alívio.

Imagine o medo desse passado que ele tem… Não sei se medo é a palavra certa, mas foi o que me veio a mente agora.

Sim, sabíamos que ele não poderia ser o assassino, mas o fato de nos sentirmos tão perdidos quanto ele, tão sós, significa que escreveram o roteiro direitinho a este ponto.

Agora, que eu desconfiei do tal vereador eu desconfiei mesmo, fosse porque ele simplesmente estava solicito demais, fosse porque nós brasileiros temos essa tendência a desconfiar de políticos em geral e em particular também.

Característica “Sherlockiana” muito bem explorada pelo roteiro: ele nunca será feliz por completo, sempre existe um tanto de escuridão em sua vida, em seus pensamentos, ele busca por uma redenção para algo que ele nem sabe o que é, ele parece frio, mas na verdade é apenas alguém que perdeu a esperança.

Então temos o trecho final, quando ele abre sua casa e oferece sua ajuda ao antigo amigo das ruas e é rejeitado. Ali era Sherlock tentando mostrar que acredita que as coisas podem melhorar de verdade e o amigo é essa lembrança negra que às vezes passa pela mente dele: “será mesmo?”

Elementary: For All You Know 3x16 s03e16

P.S. E a tal música roubada pelo banco, heim?

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

2 Comentários


  1. Si, eu estou cada dia mais apaixonada por ele. Fiquei ansiosa por ele ter esta morte em seu passado e respirei aliviada quando descobriram o responsável. Fiquei feliz por ele ter a Watson por perto novamente.
    beijo, menina

    Responder

Deixe uma resposta