Castle: The Time of Our Lives (7×06)

É de uma conversa boba entre Castle e Beckett que surge o mote para o roteiro deste episódio: como seria se o caminho dos dois nunca tivesse se cruzado? Quem seriam Beckett e Castle então?

Para nos mostrar eles colocam Castle em um mundo paralelo após uma explosão bem estranha em uma cena de crime que ele e Beckett estavam investigando. Aí nos entregam um Castle que desistiu de escrever, uma Beckett capitã da polícia casada com seu trabalho e sem ter resolvido o mistério da morte de sua mãe e Alexis tem o cabelo mais feio já visto, uma pegada meio gótica.

Fiquei até com pena de Castle, confesso. Em ele ser o único que sabia da verdade que a gente conhecia, dele ser o único que sabia o quão Beckett podia ser ao invés dessa capitã de polícia que não tem  certeza de que deveria ser policial em primeiro lugar.

Então temos Castle fazendo a única coisa lógica em um caso como esse: encontrar o tal artefato que o jogou na realidade alternativa feia que vimos. Tá, talvez lógico seja um termo incorreto, mas ele estava certo em algum ponto, até porque ele só foi levado para essa tal realidade alternativa por estar preocupado de não ser o bastante para Beckett, de ele ter feito com que ela não chegasse tão longe.

No meio dessa outra realidade ele vê que não. Na verdade ele vê aquilo que acontece com todos nós: nós somos sim a melhor versão que poderíamos ser de nós mesmos.

Então, antes de achar o tal artefato, ele precisa ficar consciente disse e precisa também mudar um pouquinho a Beckett dessa realidade, fazer com que ela acredite mais em si mesma.

E é nesse ponto que a gente também descobre que, é claro, Castle estava caído desmaiado na cena de crime do começo do episódio enquanto o pessoal prendia os bandidos.

Tudo isso pra quê, então? Ora, pra que Castle e Beckett parassem de bobeira e se casassem de uma vez, sem planos prévios, sem convidados, apenas por amor.

Castle The Time Of Our Lives 7x06 s07e06 Beckett Castle

P.S. Mas cadê o pai da Beckett, gente? Que feio!!!

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

9 Comentários


      1. O povo até xoxou a continuidade porque no final ele brinda no final com champagne – e ele é alcoólatra – não poderia beber, né?

        Responder

  1. Simone, apesar do cenário fake, adorei a cena do casamento. Tudo foi lindo e os votos, muitos sinceros e emocionantes. E foi o que mais valeu nesse episódio. Always!

    Responder

  2. Stana é linda demais … mesmo sendo totally fake esse cenário (suspiros) foi muito lindo de ver esse casal nele S2

    Responder

Deixe uma resposta