Elementary: The One That Got Away (3×12)

E pra quem estava demorando para se apegar a Kitty eu chorei bem nesse episódio de Elementary, viu? Chorei pela Kitty e muito pelo Sherlock, que realmente havia baixado a guarda com a garota, até por ver um pouco de si nela e acaba sofrendo bem mais do que nós, que sofremos todos os dias pelas mais variadas bobeiras.

Eu fiquei bem surpresa com a solução rápida da trama do sequestrador da Kitty, confesso. Eu achei que eles levariam mais tempo para solucionar o caso, levantei a questão sobre o fato da Kitty ter batido na tal garota, o que depois ela mesma acabou confirmando que vez, e que talvez o cara se mantivesse afastado.

Por outro lado, por conta de tudo que a aconteceu no passado da Kitty é mais lógico mesmo que ela não conseguisse lidar com isso ou mesmo esperar por uma solução mais lenta para o caso, então eles acertaram no tempo.

Assim como acertaram no roteiro, intercalando os acontecimentos do hoje, com Kitty fingindo voltar para Londres quando na verdade se preparava para matar o homem que um dia a torturou enquanto Sherlock, Watson e a polícia corriam atrás de provas para incriminá-lo, e o passado de Sherlock e Kitty em Londres, fazendo com que a gente entendesse a ligação dos dois.

Vai me dizer que você não quase abraçou a televisão quando Sherlock aparece chorando em Londres?

Assim como quando ela fala eu te amo ao telefone, não é?

Bom, bandido preso, espero que pelo resto da vida, com a vantagem de ter a cara bonitinha destruída, e nosso herói precisando juntar os pedaços do coração. É assim que inicia a segunda fase desta temporada.

Todos prontos?

Elementary: The One That Got Away 3x12 s03e12 Sherlock

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

3 Comentários


  1. Oi!
    Gostei desse episódio.
    Fiquei muito emocionada quando a Kitty fala para o Sherlock que o ama. A Watson comprou a briga por ela e tudo mais. Esse episódio ficou me marcou muito no que diz respeito a amizade.
    Sei que o intuito retirar das ruas um psicopata,mas o empenho e a empatia foram muito presentes.
    Beijos e ótimo final de semana.

    Responder

    1. Você está certa Marcelle: com tudo que foi mostrado de Kitty, Sherlock e Watson, pegar o culpado acabou mesmo em segundo plano. Beijos

      Responder

  2. A Kitty chegou de mansinho, ninguém gostou dela no começo… masacabou conquistando todos os corações. <3

    Responder

Deixe uma resposta