Chicago PD: Get My Cigarettes (2×02)

Voight precisando enfrentar seus novos demônios. Foi sobre isso o segundo episódio de Chicago PD. Sobre isso e sobre família. Porque quando se trabalha em uma equipe de polícia as coisas se confundem bastante, pessoas que não tem o mesmo sangue que o seu colocam a vida em perigo, literalmente, para salvar você.

E a aposta nessa confusão entre amigos de trabalho e família que fez com que Voight sentisse logo de cara as consequências de ter feito o acordo com a corregedoria para conseguir seu emprego de volta. Ele não ter entregue ninguém da polícia, ainda ter sido leal, mas isso fica apagado pelo que aparentemente ele pode ter feito.

A velha história da esposa do César: não basta ser fiel, tem que ser fiel.

E o peso não foi só porque a vítima do crime investigado pela equipe era um velho amigo de família: já na cena inicial Lindsey mostrou que não vai perdoar tão facilmente o segredo que ele guardou dela. E as cenas dela com a mãe reaparecida mostraram que ela é bem boa nesse negócio de guardar mágoas.

Não que a mãe dela não merecesse ela ter guardado. Eu imagino que o fato contado pela Lindsey, com ela tendo que salvar a mãe sozinha por medo de acabar em um orfanato, foi apenas uma das muitas cenas marcantes da infância dela, nada nada nada feliz.

Finalmente, mas não menos importante: Halstead. Ele acabou se colocando em perigo para não só prender o rapaz, mas na tentativa de salvá-lo. Achei isso muito legal da parte dele – querendo ou não eu vejo nele e no Antonio o lado mais humano da equipe.

Chicago PD: Get My Cigarettes 2x02 s02e02 jay

Se considerarmos que ele tem cem mil dólares apostados na sua cabeça e que seu apartamento tinha acabado de ser arrombado, ele merece respeito duplo por ter conseguido manter a cabeça no lugar.

Tá, eu sei, é até de mau gosto eu usar essa expressão, sendo que ele quase a perdeu na cena seguinte.

O próximo episódio será daqueles, heim?

P.S. Muito amor pelas legendas das Queens Of The Lab!! No finalzinho o comentário certeiro: quem mandou se meter no meio do ship errado, Maddie?

P.S. do P.S. E quem já está odiando a recém aparecida mãe da Lindsey? Voight é que é a família da Lindsey de verdade.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

2 Comentários


  1. Gente! O que é o Halstead? Bonito, honesto, companheiro, oh meus Deus!

    Muita raiva da mãe da Lindsey. Detesto essas pessoas que aprontam coisas terríveis e depois vêm pedir perdão. Elas não conseguem lidar com a culpa e a vergonha e precisam do perdão do outro pra se sentirem mais aliviadas. A família da Lindsey é o Voight sim, família é muito mais que laços de sangue. Afinal, o que são os amigos nas nossas vidas?

    Não pude comentar o seu post passado, mas como já havia dito antes, acho que o Antônio vai acabar se aproximando da nova secretária, amiga da Lindsey.

    Responder

Deixe uma resposta