Defiance: The Opposite of Hallelujah, In My Secret Life e The Cord and the Ax (2×1, 2×2, 2×3)

Eu não ia falar da segunda temporada de Defiance. Assisti ao primeiro episódio, não me animei muito. Quem acompanhou os textos sobre a primeira temporada foi vendo minha animação reduzindo a cada novo episódio. Sem um primeiro episódio sensacional eu não sabia se ia dar conta de continuar vendo a série – vocês sabem que eu pratico o desapego com fé e vontade – e resolvi que nem ia começar, até porque quem palpitou lá na fanpage do blog quando perguntei se iam acompanhar disse que já tinha abandonado.

Defiance: In My Secret Life 2x2 s02e02

Só que o fato de eu não escrever nem sempre significa que eu parei de ver – ainda assisti a sete episódios de Once Upon A Time mesmo sem escrever sobre a série – e o segundo episódio deu uma melhorada considerável. E o terceiro conseguiu o milagre de fazer com que eu me interessasse pela trama de Irisa, então vim aqui dividir isso com vocês (tudo bem que era para eu ter feito isso ontem e então a internet caiu aqui).

Vejam bem, não é que Defiance tenha conseguido corrigir seu curso e passou a ser o que esperávamos com a sequência de episódios iniciais quando ela foi lançada, mas ela dá mostras de que pode encontrar seu caminho e nos entregar tramas menos rasas.

Defiance agora está nas mãos da República e o novo prefeito não convence ninguém, nem a ele mesmo, recorrendo a Amanda vez ou outra quando percebe que as coisas vão sair do controle. Ele também arrasta um caminhão pela ex-prefeita e não vê com bons olhos a volta de Nolan à cidade.

Só que precisar é mais importante que gostar, e como Nolan provou ser pau para toda obra quando a coisa complica, o moço resolveu aceitar a presença deste e assistir ao casal através dos olhos de um nada-a-ver relógio de parede até conseguir conquistar a moça.

O tal prefeito, em verdade, foi uma das coisas que mais me incomodou no episódio de retorno da série: eu sempre espero por vilões sensacionais e odeio quando entregam algo mais ou menos.

Falando de vilões: Datak está na prisão até o final do terceiro episódio, o que permite que Stahma coloque todas as suas garras de fora e, ah, como ela gosta do poder!! Ela até arruma um jeito de deixar Datak mais tempo na prisão, mas o moço prefeito precisa de outra coisa e, na negociação com a médica Yewll, ele acaba livre e quase mata a esposa afogada. Olha, imagino grandes emoções para a família, que ainda tem bebê a caminho, mas com certeza não espero mais que Datak seja o tal vilão de que falei há pouco.

Bom, a volta de Nolan acontece a pedido de Irisa. A doidinha ficou ainda mais estranha depois dos acontecimentos do episódio final da primeira temporada, é assombrada pela sua versão mais nova Irzu. Eu confesso que ainda não entendi direito se Irisa é uma deusa de seu povo ou o quê, mas no terceiro episódio descobrimos que as mortes causadas por ela na verdade não matou ninguém, mas os tornou um tipo de parasita que passa adiante algum tipo de transformação.

Apesar de muito confusa com tudo isso, as cenas de Irisa na nave serviram para me fazer dar aquela levantada de sobrancelha estilo “hum, o que será que eles estão preparando!”.

E foi por conta dessa cena final que eu vim aqui, já que ela foi bastante para garantir meu retorno nos próximos episódios.

P.S. Amanda está lindona, não é mesmo?

P.S. do P.S. E tocou Dire Straits, gente!! Quanto amor por Dire Straits?

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

3 Comentários


  1. essa série era para ser vista em alta definição (HD), o Syfy com seu canal em SD acaba deixando de lado muitas da imagens que Defiance tem de bom …. é como assistir GOT e Downton Abbey em baixa qualidade, perde todos os detalhes que a produção se esmera e trabalha para mostrar

    mas fazer o que ? foi bom ter uma provinha pela Universal

    e realmente a série pegou no tranco … e um tranco muito bom a partir do 3º episódio, as mortes sem sentido agora tomará uma proporção que me deixou intrigada

    a Amanda caprichou nesta temporada e o Nolan não perdeu tempo heheheheheh

    vou continuar até o final !

    Responder

  2. Saudações Simone!

    Teu post me encheu de alegria (apesar de fazerdes algumas ressalvas a série em questão) e fico imensamente feliz em saber que terei em ti uma companheira serial para acompanhar DEFIANCE!!!!!

    E para não dizerdes por aí que só venho aqui ti cobrar, tenho um presente para ti!

    Durante nossas últimas férias, passamos por Marseille (na Côte d’Azur, em França) e lá tivemos a oportunidade de presenciar em primeira mão AS FILMAGENS DE UM EPISÓDIO INÉDITO DA NOVA TEMPORADA DE CROSSING LINES!!!!!!!!!!!!!!
    Seguem abaixo os links para o vídeo e as fotos que fiz do set de filmagem DURANTE agravação do episódio. Está armazenado em meu perfil do Google Plus.

    Abraços!

    https://plus.google.com/photos/100693481231498049152/albums/5996914994493626753/5997003878393815890?

    https://plus.google.com/photos/100693481231498049152/albums/5996914994493626753/5997004289323619762?

    https://plus.google.com/photos/+SidineiLanderdaSilvaPereira/albums/5996914994493626753/5997003709689510354?

    Responder

  3. Simone, pode me dizer o que está acontecendo? Cadê as legendas. Os canais Fox e FX, além de outros, simplesmente não nos oferecem mais esta opção. Pagamos caro por um pacote de TV, inclusive para ter canais HD, e sofremos com dublagens sofríveis. Defiance e Bones já estavam difíceis de acompanhar, mas dubladas, dá soono. Ninguém merece. Quais os nossos direitos enquanto telespectadores e Sériemaníacos? DUBLADO NÃO.

    Responder

Deixe uma resposta