The Following: The Reaping (2×13)

Tá, nem precisava ser vidente para descobrir o que viria depois do Ryan se meter a besta sozinho no acampamento do Joe, não é mesmo? Olha que ele até teve um pouco de sorte, conseguiu acertar uns mocinhos do mau e se entregou – o que era necessário, porque se ele sozinho derrubasse todo mundo a coisa ia virar comédia trágica, não é mesmo? – quase que dizendo “me levem ao seu líder” como nos filmes de antigamente.

The Following The Reaping 2x13

O bom de tudo isso é que, passada quase que a temporada toda, temos Ryan e Joe frente a frente novamente e, como Joe bem disse, eles funcionam bem demais: Joe se sente renovado, parece que aquela vontade dele de fazer o mal se acende, enquanto Ryan abusa do seu jeito deixa-que-eu-chuto de que tanto gostamos.

Por conta disso o encontro dos dois podia durar um episódio inteiro, não é mesmo?

Não durou tudo isso, mas foi o bastante para vermos o terror psicológico de Joe para o filho do pastor, e um lado meu achou que o moço se recusaria até o final a matar alguém, mesmo sabendo que o instinto de sobrevivência predomina sobre qualquer outro julgamento, até nos seres humanos.

Joe partiu deixando Ryan para trás – e não seguindo o conselho da Emma de matar o moço; na verdade eu tenho sentido uma constante vontade do Joe de dar na cara dela, só eu tenho essa impressão? – revelando somente que ele resolveu se inspirar na Bíblia para seu novo plano maquiavélico (aí todo mundo ouve aquela risada de filme de terror aos fundo?).

Sendo que a despedida foi apressada porque nossa amiga Lily louca descobriu o paradeiro do Joe, muito antes do FBI, mas isso é é rotina, e resolveu acertar as contas com o moço. O FBI finalmente fez algo que prestava e seguiu a moça, os dois filhos do demônio e mais um pessoal que ela contratou.

A confusão toda faz com que Joe saia correndo e com que Mike confronte a mulher que matou seu pai. E eu achei até o último minuto que ele não apertaria aquele gatilho.

Questão é que a vingança agora volta para o outro time: Lily matou o pai de Mike para vingar porque sua filha foi morta, Mike mata Lily porque seu pai foi morto, e agora os super gêmeos com certeza vão atrás do Mike. Ou alguém imagina algo diferente disso?

P.S. Ryan falando que Joe não vai para o céu: sem preço.

P.S. do P.S. Mensagem sem sentido enviada pela Claire para o Joe: não teve sentido mesmo, mas ele entendeu e agora está com a pulga atrás da orelha.

P.S. do P.S. do P.S. Será que Lily usava colete a prova de balas? Podia, eu não queria ver nosso amigo Mike na cadeia.

P.S. do P.S. do P.S. do P.S. Emma, a rainha do conselho não solicitado.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta