Supernatural: First Born e Sharp Teeth (9×11 e 9×12)

Crowley é um bom companheiro, ninguém pode negar. Acho que essa frase, estranhamente, cabe cada dia melhor nesta temporada de Supernatural. Primeiro nos ajudando a colocar Zeek pra fora de Moose – é assim que Crowley chama o grandão, né? – como agora, ainda que por interesses próprios, vira o parceiro de Dean na busca pela única arma capaz de destruir Abaddon.

Ah, sim, e eu falei que para isso eles acabam parando na casa de Caim, aquele que matou o próprio irmão, e que Caim está na pele de nosso querido Timothy Omundson? Como não gostar de First Born? Como?

Supernatural: First Born 9x11 s09e11

Já concluímos que seria impossível não gostar, então o negócio é aproveitar a viagem e todos os ótimos momentos com muitos demônios sendo mortos.

Com as duas únicas pessoas que ele não quer ver pela frente fora do “quartel”, Sam resolve também fazer uma limpeza interna com a ajuda de Castiel. De novo um caso de interesse duplo: Sam quer se livrar da incomoda sensação de invasão, Castiel encontrar Zeek o que significa encontras Metraton.

Falando em achar: Dean agora tem a marca de Caim para achar e matar Abbadon. Agora é que Crowley não larga mesmo do “amigo”.

Com tanta coisa acontecendo ninguém pode reclamar de nada – até porque os ótimos diálogos e excelentes sacadas desta temporada marcaram presença.

P.S. Então que o Caim não era bandido? Quem diria!

P.S. do P.S. Adoro as versões alternativas que eles criam, perceberam?

supernatural sharp teeth 9x12 s09e12

Sharp Teeth não empolgou tanto assim. Eu podia falar um monte de motivos, mas a grande verdade é que passei o episódio todo incomodada com o bico do Sam.

Quem me conhece já sabe que eu não sou lá muito fã do caçula dos Winchester, mas nesta fase eu tenho ficado mais irritada ainda com tamanha falta de reconhecimento que ele tem por tudo que seu irmão fez por ele – e não, não vale dizer que ele não pediu porque a vida não funciona assim, famílias não funcionam assim.

A grande verdade é que Dean é aquele que não desiste da luta enquanto Sam só procura uma desculpa para poder desistir – fosse seu irmão supostamente morto, como se eles não morressem supostamente vezes e vezes, fosse ele mesmo morrer e descansar.

Questão é que não se pede a alguém que não desiste para que simplesmente “supere isso” e lhe deixe para trás. Mesmo.

Quanto ao retorno de Garth: pobre Garth, não merecia ser colocado em uma dessas. Que pelo menos ele ganhe um tanto de força com sua nova “condição”, porque se não ele vai acabar literalmente engolido.

Ah, sim, eu matei a charada da loira logo de cara, afinal ela estava simplesmente tentando demais ser boazinha.

P.S. Jantar MAIS estranho ever!

P.S. do P.S. Melhor definição do Dean: ele no fundo é um urso fofinho.

P.S. do P.S. do P.S. Posso ter gostado menos do episódio simplesmente porque ele acaba com O Dean triste, e o Dean triste parte meu coração em mil pedaços.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

1 comentário


  1. Essa do urso fofinho me faz rir até hoje!

    E realmente, o Sam sempre foi chatinho, mas está se superando nessa temporada. Também sofro pelo Dean. 🙁

    Responder

Deixe uma resposta