Supernatural: Dog Dean Afternoon (9×5)

Jensen simplesmente arrasou! E agora ele tem três fãs aqui em casa: eu, desde sempre, Carol, que disse que ele é bonito, e a Tequila, naquele momento em que ele fez biquinho porque não pode pegar a bola, sabem?

Vamos admitir: os roteiristas de Supernatural arrasam quando o assunto é colocar Dean em situações esquisitas!

Supernatural: Dog Dean Afternoon (9x5)

Só que eu confesso: tenho tido vários momentos confusos esses últimos tempos por conta do trio Supernatural, Grimm e Sleepy Hollow. Como Supernatural é mais antiga, quem fica em desvantagem são as outras duas para os quais sobra a impressão do “eu já vi isso antes em algum lugar”.

Por exemplo: se um dia eu ver alguém mais virando cão por aí, o coitado terá de ralar para ter um quinto da graça de Dean – seja perseguindo um carteiro, uma pomba ou aproveitando o vento com o nariz para fora da janela do carro.

Falando do caso que eles tiveram que resolver – enquanto os anjos deram um tempo, provavelmente procurando pelo Castiel -, é impossível não falar da participação de Steve Valentine como o homem que descobre um feitiço que dá ao homem que se alimentar de um animal os poderes mais fortes deste.

Saímos da temática “monstro” e, ao mesmo tempo, é impossível não pensar que é isso mesmo que o vilão é, ainda mais quando ele começa a misturar os poderes de animais diferentes. A escolha do ator, então, fez toda a diferença para não descambar em exagero.

Sorte dos meninos ao poderem contar com a ajuda do Coronel, não é verdade? Sim, eu fiquei torcendo para que ele virasse o mascote oficial da dupla.

Ponto fraco do episódio: como assim o Sam não desconfia de nada do que está acontecendo? Eu entendo que estão andando com a história justamente para criar mais tensão, inclusive porque temos cada vez mais certeza de que o Zeke não está nada a fim de deixar o seu “recipiente” fortão.

P.S. Afinal, por que será que os cães estão na terra?

P.S. do P.S. Em outro dia eu li um texto que falava que Supernatural já deveria ter acabado. eu não vou questionar os motivos do moço para pensar assim, mas eu com certeza não entendo quando alguém fala que os dois atores, Jesen e Jared, são ruins. Ou melhor, quando falam que Jesen é um mau ator. Ele simplesmente arrasa e eu fico chateada dele não ter seu trabalho reconhecido só porque a série é considerada apenas para adolescentes.

P.S. do P.s. do P.S. Bacon! Bacon! Bacon! E uma coçada na barriga.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

4 Comentários


  1. episódio super beleza, ri de me acabar, o Jensen como cachorro ficou sensacional

    e realmente o Jared está se acabando interpretando o Zeke, ainda não entendo desse povo que ficar criticando o rapaz

    por todos esses anos de Supernatural já conhecemos as reações dos meninos, mas acredito que o Sam desconfia de alguma coisa mas ainda não conseguiu juntar todas peças, ele eventualmente irá juntar e percebendo a dificuldade do Dean em não querer perdê-lo irá reagir de uma maneira que os dois – ou melhor os três – tenham o melhor entendimento no final

    Responder

    1. Olha, eu tenho um pé atrás com o Jared também, confesso, mas reconheço que ele melhorou muito. Agora O Jesen É MUITO BOM!!!

      E sim, torço por um final de temporada com os três tomando cerveja no bunker rindo da vida.

      Responder

Deixe uma resposta