Sleepy Hollow: For the Triumph of Evil (1×3)

Primeiro episódio filler de Sleepy Hollow até que se sai bem em sua missão, não é verdade? Não tão bem como os colegas em Supernatural – impossível não assistir a série e não lembrar da prima distante – mas bem.

Sleepy Hollow: For the Triumph of Evil 1x3 s01e03

Tá, vocês podem até me dizer que não foi um episódio tão solto assim, afinal Abbie e Ich resolvem ir em busca de reforços, já que a coisa parece realmente complicada, e a mais indicada para a missão é a irmã da policial, dura na queda e que parece pronta para a batalha. Só que primeiro as duas irmãs precisam resolver questões do passado e foi para isso que o episódio serviu.

E para ajudar na discussão dessa relação eles resolveram trazer o Sandman, figura que aparece em diferentes crenças e que seria o responsável por nos fazer adormecer ao jogar sua “areia” em nossas pálpebras. A versão de Sleepy Hollow faz mais que isso, buscando justiça para aqueles que um dia precisaram de ajuda e não o tiveram. Pela explicação do roteiro, algo tirado das crenças indígenas.

Questão é que o moço resolveu tirar satisfação justamente de quem deixou Jenny sozinha após o episódio da floresta, e isso inclui sua irmã.

Confesso ter gostado bastante da ideia, e mesmo da execução com a aparição do estranho Sandman, com Ich e Abbie buscando ajuda de um descendente indígena e tendo cenas ótimas por conta da bebidas mais veneno de escorpião, mas algo me perseguiu ao longo do episódio todo: por que só agora as coisas acontecem com Abbie? Ao que parece temos pessoas que sempre investigaram/estudaram durante esse tempo todo e se ela é uma das escolhidas eu consideraria bastante normal que ela tivesse mais que um episódio isolado de contato com o além. Posso chamar de além?

Falando de gente investigando há tempos: quem mais ficou com a impressão que o capitão sabe de bem mais do que está falando?? Só espero que ele esteja do lado dos bonzinhos.

P.S. Adoro as sacadas de Crane, sempre com a frase certa no momento certo.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta