Grey’s Anatomy: Map Of You (10×6)

Esses dias eu compartilhei uma imagem em meu Facebook que dizia: a carência é a mãe da roubada. Com certeza Arizona, se tiver perfil no Facebook, não encontrou essa imagem ainda pelo seu caminho. Porque, né, santa roubada Robin!

Grey's Anatomy: Map Of You (10x6)

Certeza de que esse “casinho” dela com a Murphy vai resultar em dor de cabeça e não somente na vida pessoal, porque a Callie vai concluir que ela é incapaz de manter as calças levantadas, mas também no trabalho: Murphy tem encrenca escrito na testa! Esse negócio dela “fingir” que as pessoas queriam saber com quem ela saia, essa coisa dela ir do nada ao eu te amo em 30 segundo. Tudo isso me dá muito medo.

Sorte que a Callie parece realmente estar retomando o pé de sua vida, decidindo continuar com o tal estudo dos estímulos cerebrais, tendo sua casa, cuidando da filha. Estou aqui na torcida para que ela fique também um pouco sozinha e curta sua vida.

Diga-se de passagem esse foi o episódio da encrenca: Alex resolve seguir o conselho da namorada e procurar pelo pai. Resultado? Encrenca. E no olhar final do pai eu fiquei com a certeza de que ele, FINALMENTE, reconheceu seu filho. Ou seja: tem continuação.

Outra encrenca: num dia o Ross esquece que a colega morreu por causa dele, no outro ele quase mata alguém por causa disso. Disso e por causa da caneca quebrada, que representou tanta coisa no episódio, não é mesmo? E serviu para lembrar que a maior parte das coisas pode sim ser consertadas, mesmo quando falamos em relacionamentos, mas exige um tanto de esforço e quase nunca fica do mesmo jeito.

Coisa que a Cristina vai ter de aprende na marra: Owen saltou de cabeça no novo relacionamento e não fez a miníma questão de falar para a moça quem era a ex-esposa. Eu também não faria. E por mais que ela saiba que tomou a melhor decisão é terrível constatar que uma relação acabou para valer, ainda mais quando ainda estamos apaixonados.

Outra relação dela precisando de reparo é a com Meredith. E essa também não voltará a ser a mesma pelos motivos que nossa Grey pontuou tão bem. Nunca será a mesma xícara.

Até porque Meredith encontra em Derek cada vez mais o apoio que precisa, mesmo que entre brigas e incertezas. Cada vez mais ele se torna “a pessoa dela”. Vai dizer que não foi a coisa mais linda ele dizendo que lhe dará esse ano que ela precisa? <3

P.S. Um tempão que eu não elogio o Alex, né?? Esse episódio foi pra lembrar o quanto eu o amo depois desse tempo todo.

P.S. do P.S. A gente sabe que esse afastamento de Cristina de tudo, do ex-marido, da Mer, até do Alex, que recorreria a ela depois da merda do reencontro com o pai dele, na verdade faz parte do plano de saída, mas isso não faz doer menos não.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

1 comentário


  1. Fazer parte do plano de saída faz, na verdade, doer mais.

    E essa coisa toda da Murphy. A gente não sabia quase nada dela (só que é uma CHATA, né), aí de repente a Shonda cria todos esses draminhas, essas historinhas, essas neuras da Murphy. De repente. Construção de personagem passou longe.

    Ai, que cansaço de Grey’s.

    Responder

Deixe uma resposta