NCIS: Whiskey Tango Foxtrot (11×01)

NCIS voltou e nos pegou ainda de coração nas mãos por conta da decisão de Cote De Pablo de deixar a série. Sem saber o que esperar sentei no sofá e tentei ser o mais aberta possível às novidades, afinal o pessoal da produção garantiu que teríamos uma boa história. Whiskey Tango Foxtrot apenas começou a desenhar essa história, mas foi impossível não se sentir em casa de novo.

NCIS: Whiskey Tango Foxtrot (11x01)

 E talvez seja esse mesmo o sentimento necessário para não ficarmos magoados com o que virá depois.

O primeiro episódio da temporada correspondeu direitinho às cenas apresentadas no encerramento da décima, quando ainda ninguém sabia da saída de Ziva. Como a história ficou bastante focada em Gibbs, que passou parte do episódio do outro lado do mundo, então imagino que os ajustes necessários se referem a ida de Tony atrás da moça do outro lado do mundo.

Então faremos como os roteiristas e vamos deixar isso um pouquinho de lado e vamos falar do fato do Evil-McGee deixar de ser evil e virar nosso amigo: sim, ele salvou a vida do Gibbs e, deste modo, sou que nem a Abby e acabo perdoando. Até porque ele devolveu os distintivos para nossos amigos. E porque ele ainda ajudou Tony no final.

Eu acho que Parsons ainda terá problemas em lidar com as coisas não sendo feitas exatamente como os livros dizem que elas devem ser feitas, mas pelo menos ele aprendeu que só porque as regras foram seguidas não significa que a coisa é boa. É inegável que ele estava muito mais “educado” e menos arrogante neste episódio, o que poderia até causar desconforto por não parecer real, mas estou dando uma segunda chance ao moço para que ele nos prove que é um mocinho.

E, sendo bom ou ruim o que foi feito, confesso que em certo momento eu fiquei com um nó na minha cabeça com o tanto de informação que eu recebi e me perdi.

Vejam se estou certa: existe uma ameaça ao NCIS, para ser mais específica à equipe de Gibbs. Além dele, outras pessoas importantes da segurança nacional também estão na mira, mas eu não consegui entender qual seria o real objetivo disso. Evitar que os EUA reajam a algum ataque futuro, talvez? O que eu não entendi mesmo é como as pessoas responsáveis por esta ameaça conseguiram envolver Parsons de tal modo que ele tenha sido tão firme no propósito de acabar com Gibbs. Ou ele não foi envolvido e sua perseguição foi apenas uma coincidência e no final ele percebeu que estava prejudicando o país mais que ajudando?

Ainda: vimos Gibbs apontando uma arma para Fornell no último episódio da temporada passada. Aqui vemos Gibbs se colocando de novo em risco pelo amigo e levantando a questão “você faria o mesmo por mim”, então em que momento isso muda? Em que momento uma amizade de mais de dez anos não é mais o que parece?

Talvez seja só impressão minha, mas, na tentativa de encaixar a história da saída de Ziva da série, alguns preciosos minutos deste episódio podem ter sido retirados da história principal e, com isso, tenham apressado as coisas mais do que o devido. Fiquei com essa nítida impressão principalmente nas cenas que mostram a equipe sendo reunida de novo no NCIS, como se faltasse o pedaço dela, substituído por seu desaparecimento.

Ainda assim, NCIS retorna a plena força e pronta para nos provar que é merecedora da audiência que conquista.

P.S. Li em textos americanos que este foi um episódio recheado de bolas curvas e eu tenho que concordar com esse pessoal, motivo provável da minha confusão.

P.S. do P.S. O momento do novo garoto de TI, um quase McGee, conseguiu arrancar risadas, ainda que com tanta tensão no ar.

P.S. do P.S. do P.S. Quem sabe vendo melhor como é o dia-a-dia de trabalho, nosso engravatado Parsons entenda que nem tudo é tão preto ou branco quanto ele acredita.

P.S. do P.S. do P.S. do P.S. McGee tem uma namorada! McGee tem uma namorada!!!

P.S. do P.S. do P.S. do P.S. do P.S. Essa coisa de terrorista mais super empresas de Wall Street me pareceu meio Revenge.

 

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

7 Comentários


  1. foi tantas informações e tantos acontecimentos que só me apeguei ao peixinho do Tony com nome de Kate \o/

    vcs ainda se lembram da Kate né !!!

    e olha o que é ter roteiristas ducara … a Ziva não aparece no episódio todinho mas a presença dela é sentida em cada minuto, isso que é a essência de NCIS por isso essa série tem a audiência que tem e continua inovando e nos dando histórias novas a cada temporada

    amo demais essa série <3

    Responder

  2. 1º Claro que lembro da Kate e na hora vi a referência!
    2º Estou muito preocupada.Nas chamadas do NCIS o McGee some da foto, junto com Ziva.Será que vem mais alteração ? Não, né? Por favor!

    Responder

  3. O peixinho no aquário já apareceu antes, lembram? Fiz até um comentário na época. Acho que o episódio com o pai do Tony. Simone, você viu o último episódio da Ziva? Ansiosa pelas suas impressões!!!

    Responder

      1. Quanto à solução que acharam para a saída da Ziva, foi meio frustrante. Mas eu quero a sua impressão sobre a atuação do Michael Weatherly.

        Responder

Deixe uma resposta