Grey’s Anatomy: It’s A Long Way Back (07×19)

Tenho a sensação de que o intervalo entre os episódio foi bem maior do que realmente foi. É como se toda a emoção dos dois primeiros terços desta temporada tivesse praticamente sumido, talvez consumida pelo péssimo episódio musical que vimos anteriormente.

Retornamos ao Seattle Grace com Callie ainda no início de sua recuperação, Sofia na incubadora, Stark ainda magoado com April, os residentes ainda brigando pela chefia. Em meio a isso o tempo é adiantado, de modo que vamos nos reacostumando com as histórias e seus personagens.

O trio chato retorna para casa com sua bebê. Eles não me chatearam muito neste episódio, Callie, inclusive, teve ótimas cenas, como quando o pessoal leva sua cama para o lado da UTI neo-natal e quando ela sai empurrando a maca com Cristina e Meredith em cima ou, ainda, quando ela surta antes de sair do hospital com a bebê – adorei Bailey explicando a ela que, bem, agora você é mãe, então aprenda a conviver com o medo de que algo aconteça com seu filho.

Resta torcer para que não voltemos ao ponto em que, ao vê-los na tela, eu simplesmente desanimava.

Karev também teve cenas ótimas em sua luta para conseguir a grana para trazer as crianças da África. Mesmo não sendo seu projeto de coração, mesmo sendo um passo na luta pela chefia, eu adorei ele ter agarrado a chance e ter lutado para dar certo – quase perdendo tudo não fosse a ajuda da mamãe de Ray Romano paciente “bicth”.

Mas a principal trama que surge aqui é o fato de Meredith ter trocado os envelopes. Já sabemos de antemão que isso será descoberto e pode não só acabar com a carreira dela, mas com seu casamento. Confesso que fiquei torcendo para que ela contasse à Derek o que fez. Mas aí lembrei que ele não entenderia…

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

5 Comentários


  1. Adoro a Meredith, mas o que ela fez foi indefensável. Um ensaio clínico é um estudo com alta validade metodológica justamente porque exige um cumprimento total do protocolo. Se cada pesquisador resolver adulterar a ordem dos tratamentos (que, por definição do estudo, deve ser aleatória) o estudo vai para o brejo. Espero que não custe o casamento, mas alguma punição ela deve ter (sem contar já ter sido bem anti-ético terem aceito a esposa do chefe da cirurgia, amigos pessoais, né?).
    Ah o trio mala me cansa. O bom é que eles têm aparecido menos. Mas continuam me aborrecendo. Quando a Bailey teve filho, voltou a trabalhar gloriosamente e não ficou tendo ataque histérico toda hora. A Callie deixou de ser aquela cirurgiã excelente para ser só uma mulher chata e monotemática.

    Responder

    1. Fabiana, eu acho sim que ela precisa pagar pelo que fez, mas um lado meu fica super chateada, tipo, ela sofreu tanto nas primeiras temporadas que eu sempre acho que ela precisa de paz, risos.

      Então, eu gostava da Callie, mas essa história de gravidez conseguiu deixar até ela chata, já Arizona e Sloan sem sal e açúcar, aí a coisa só piorou.

      Responder

      1. Exatamente, eu gostava da Callie e é isso que me dá raiva agora! E junto com aqueles outros dois, affe!

        Responder

  2. Com relação ao que a Meredith fez, espero que ela um castigo pelo que fez…sei que foi de coração, sei que ela quis fazer pela esposa do chefe algo que nao fizeram pela mãe dela, mas ainda acho que ela pode comprometer todo o estudo que o marido dela tanto luta. Porem, também espero que o marido entenda e que isso não reflita tanto no casamento dos dois.
    Quanto a trio….amo a Callie. Ela é uma das minhas personagens favoritas e acho que ela arrebentou nesse episodio. Tanto na cena da UTI, quanto na cena em que ambas tem alta. Alias, nesta cena destaque, também, pra minha proxima personagem favorita Bailey que consegue divinamente explica-la que o medo por ser mãe não vai passar nunca!

    Resumindo, depois do desastre do episodio musical, masi um episodio que me emocionou em Grey’s.

    Responder

    1. Monique: não sei mesmo quais serão as consequência, mas como você eu acho que ela vai ter de enfrentá-las sim, mesmo no casamento, afinal, ela traiu a confiança do Derek.

      Eu sempre gostei da Callie, mas eu achei que erraram na pegada da história da gravidez e eu acabei me irritando demais com os tres sempre fazendo drama.

      Responder

Deixe uma resposta