Monk: Monk And The Foreign Man (08×02)

Existem duas formas de enxergarmos Adrian Monk: um tremendo egoísta com manias esquisitas ou um homem de enorme coração, mas com limitações absurdas em função de uma doença. Eu sempre o vejo da segunda forma e este é um dos episódios em que eu me sinto com razão.

A única coisa que liga Monk a Samuel (Adewale Akinnuoye-Agbaje) é o fato de que os dois perderam suas esposas em “acidentes” idiotas em que os culpados saíram livres. Isto basta para que Monk receba Samuel em sua casa e nem mesmo o proíba de fumar. Você julgaria isso possível?

Daí em diante a ligação de ambos nos rende uma ótima investigação, em que o poder de observação de Monk vai juntando as pistas ao longo do caminho. E ele ainda consegue encontrar algum consolo em fazer o assassino da esposa de Samuel repetir o nome de Trudy.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

1 comentário


  1. eu também voto na segunda opção: o momento em que mr. monk se permite conectar a um outro ser humano foi comovente.

    e a participação especial de mr. eko foi a cereja do bolo.
    😆

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *