House: Joy Of The World (05×11)

bscap00182

Um episódio para que Cuddy tenha o seu bebê. É isso que significou Joy Of The World. Esqueça toda a dificuldade de se descobrir a doença, esqueça toda a pentelhação de House, esqueça que Thirteen e Foreman agora estão aos beijos (ou não esqueça e fique irritado até não poder mais). Joy Ot The World foi um episódio de Cuddy, menos emocionante que Finding Judas, mas que girou totalmente em torno de sua história, suas frustrações, seus sonhos e suas escolhas.

E eu adoro a Cuddy e eu adoro a Lisa. Talvez aí encontremos a explicação de eu até gostar um pouco de um episódio que não foi lá essas coisas (o que eu tenho repetido a cada episódio de House a que assisto).

Algumas coisas irritam mais que outras, como, por exemplo, aquele bando de adolescentes que parecem ter saído do inferno apenas para atormentar a menina que acaba no hospital com uma doença não diagnosticada.  No ano passado foi em Grey’s, antes disso deve ter acontecido em todos os seriados que eu assisto (sem contar Gossip Girl, que eu não assisto e parece ser só sobre isso). Em Grey’s um rapaz era desprezado, mas a bonitinha do grupo gostava dele e coisa e tal. Aqui a garota desprezada namorou um tempo com um dos rapazes bonitão, escondido, e engravida, escondendo a gravidez da família e abandonando a criança, que é encontrada por Cuddy.

Se eu tenho de dizer que já vi uma história de House em Grey’s, mesmo que apenas semelhantes, definitivamente algo anda errado neste mundo.

Do outro lado do hospital, Thirteen e Foreman vão se envolvendo cada vez mais em meio a pesquisa da nova droga. Isso faz com que Foreman cometa um erro grave ao assumir os riscos de reincluir uma paciente ao estudo e assim ser perdoado pela Thirteen. Não sei o peso disso no futuro, mas sei que Foreman mais uma vez meteu os pés pelas mãos por colocar sentimento influenciando suas decisões profissionais.

Se ele e House ficam cada dia mais parecidos é isso que os diferencia. Não que House nunca tenha feito algo do tipo, mas as chances do velho médico ser influenciado porque uma garota bonita o ofendeu são bem menores. Foreman, vira e mexe, comete um erro do tipo.

bscap00201

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta