Ghost Whisperer: Pater familias (03×18)

Pater Familias

Um final que amarrou as pontas que foram lançadas ao longo da temporada. É o mínimo que possa falar a respeito do último episódio desta terceira temporada de Ghost Whisperer. E foi um final para arrancar lágrimas daqueles que mais gostam de Melinda e, ainda, lançou um gancho para a próxima temporada, sem reviravoltas, sem cenas grandiosas… Um gancho que vai dar muito o que especular até a estréia da próxima temporada.

Continuando a história do episódio anterior, quando Melinda chega ao Hotel do pai bem na hora em que ele dava um tiro em sua cabeça. Ela consegue levá-lo ao hospital a tempo de salvá-lo, mas isso não garante que ela tenha as resposta que tanto busca. E Jim, sempre tão calmo, resolve enfrentar todos que magoam sua esposa, pai e mãe incluídos.

Mais que tudo, Melinda tenta entender por que Paul Eastman quer tanto se vingar de seu pai. E a resposta vem de sua mãe somente após ela ser pressionada pelo próprio Paul. Paul foi seu grande amor e acabou preso por um crime que não cometeu.

Ela procurou pela ajuda de Tom, assistente do promotor, que começou a auxilia-la, enquanto Paul estava na prisão. Ela acabou se interessando por tom, enquanto as cartas de Paul eram cada vez mais raivosas. Paul acaba por matar um homem na prisão e ela se casa com Tom. O principal segredo: Melinda é filha de Paul e não de Tom.

Melinda não reaje muito bem a novidade, mas vamos encarar: tava na cara que Tom não prestava.

Melinda acaba correndo para o lado que não devia, Tom, e quase acaba morta por ele, já que ele começa a lembrar de Tom assassinando Paul em frente a casa e lembra do que Paul disse, a respeito de Tom nunca ter tentado ajudá-lo e sobre tem enviado um homem para matá-lo na prisão.

Melinda consegue sobreviver apenas com a ajuda de seu pai verdadeiro, que recupera sua face ao esquecer a raiva que carregava consigo ao ser chamado de Papai.

Tá, eu sei, tudo pode ser muito brega e clichê, mas eu me sinto reconfortada toda vez que o bem triunfa. Acho uma necessidade mental nossa ver isso, ajuda a continuar a acreditar, mesmo sendo tudo ficção.

Paul pode, finalmente, ir em direção da luz, e Melinda e sua mãe tem a chance de um recomeço. A mãe dela pode agradecer a Paul por isso.

O episódio termina com Melinda, sua mãe, Jim, o professor, Delia e seu filho indo ver barcos chegando a cidade. É o professor que percebe que, ao invés de 06 sombras, o que seria normal, apenas 05 sombras são vistas no chão. O significado? Só na próxima temporada vamos saber.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

3 Comentários


  1. Nossa que rapidez no review!
    Bem, “Ghost Whisperer” por vezes é um tanto piegas demais, mas eu adoro!
    Sempre com finais de temporada bem bacanas, como por exemplo, o ainda insuperável final da primeira temporada (entre os melhores de todas as séries que assisto).
    Mas este foi um final bem legal, com uma revelação inesperada sobre quem é o verdadeiro pai de Melinda (e agora ela vai mudar o nome para Melinda Eastman?) e aquelas cenas emocionantes do espírito indo para a luz, nesse caso o pai de Melinda.
    Não consigo resistir a um comentário: a Anne Archer era tão bonita, mas, como um monte de atrizes, anda exagerando no botox.

    Responder

  2. Naomi: já vi sua lista lá.

    Ivonete: Eu sei que é piegas, mas eu gosto demais. Foi mais ou menos o que eu falei: eu curto essa coisa de dar certo no final, de termos esperança. Você acredita que eu adorava Toque de Anjo, que passava na Warner?

    Responder

Deixe uma resposta