The Return (e The Departure) of Jezebel James

The Return Of Jezebel James

Poxa, nem tive tempo de falar para vocês que eu tive chance de assistir ao primeiro episódio de The Return Of Jezebel James, obra de Amy Palladino, criadora da amada e maravilhosa Gilmore Girls, e já fui atropelada pela notícia de que o seriado foi cancelado lá pelos EUA após a exibição de apenas 03 episódios.

O seriado seguia o formato sitcom, com duração de meia-hora e claques (risadas de fundo), bem diferente de Gilmore Girls. Mas o que tinha de positivo em GG também estava lá: os diálogos inteligentes, as referências pop, ótimas atrizes, no caso Parker Posey (que fez ponta em Boston Legal) e Lauren Ambrose (a irmã em Six Feet Under), de bônus Scott Cohen (Max Medina, um dos melhores namorados de Lorelai ever).

O plot da estória era que, após ser super bem sucedida profissionalmente como editora de livros infantis, a personagem de Posey, Sarah, resolve ter um bebê e descobre que não poderá fazê-lo. Ao invés de adotar uma criança ela resolve pedir para sua irmã Coco (Ambrose) para que ela seja sua barriga de aluguel. A graça está nas diferenças gritantes de personalidade e vida das duas personagens.

Scott faz o papel de Marcus, relacionamento livre, leve e solta de Sarah, que acabaria sendo engolido por tudo isso, eu imagino.

EU adorei as personagens, amei o local de trabalho de Sarah (frustração com carreira própria é terrível), gostei das piadas. Se não fossem as claques eu assistia os dois episódios em sequência sem nem me afetar.

Mas a FOX fez o favor de enfiar o seriado nas noites de sexta-feira (quando só pessoas viciadas como eu e com filhos pequenos ficam em casa), as 20:30h, e parece que a audiência não foi das melhores. Isso, mais as críticas ferozes comparando o seriado a Gilmore Girls acabaram por decretar o fim do seriado sem que ele tenha tido uma chance real de existir.

Tá, GG era melhor? Era, mas não poderia afirmar com 100% de convicção que ele era melhor assim, desde o primeiro episódio. Além disso, se era para ser GG, então não tivessem cancelado GG, ora bolas!

Humpf! Fiquei realmente chateada!

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

2 Comentários


  1. Caraca, essa eu não merecia ouvir. Só a Fox mesmo. Tá, até podiamos ficar sem as risadas de fundo, mas… Um cast ótimo, diálogos muito maneiros, um plot excelente,… e a Fox faz isso. Difícil de acreditar.

    Responder

Deixe uma resposta