3 comentários em “Michael J. Fox: Um Otimista Incorrigível”

  1. Cristine
    Cristine 05/01/2010 em 7:47 pm

    Ótima resenha, Simone!

    Também simpatizo com Michael J Fox mesmo sem conhecê-lo, e lembro que fiquei favoravelmente impressionada quando vi sua entrevista no Inside the Actor´s Studio. Ele pediu para interromper a entrevista quando o efeito dos remédios estava acabando, para tomar outra dose, e após o intervalo, voltou bem diferente, como se não tivesse a doença. Disse que sem a medicação ele não conseguia controlar seu corpo, e que isso gerava uma sensação de impotência. Realmente, não deve ser fácil.

    Fiquei interessada pelo livro, e vou lê-lo. Obrigada pela ótima sugestão de leitura!

    Grande abraço,

    Cristine

Deixe seu Comentário