Rosewood: Forward Motion & Frat Life (2×01)

“Whaaatttt?” – Se, no momento em que Rosewood fala isso, não pensou em Psych, bom, você não assistiu Psych. Porque até meu marido, que só assistia comigo de vez em quando, riu alto e lembrou da melhor dupla de não detetives investigadores que já tivemos.

Gente, a sala lotou de repente, não foi não? Como eu disse no meu texto da semana passada, não vejo motivo para tanta mudança ao mesmo tempo, mas tenho que admitir que a dinâmica deste quarteto funcionou bem demais para mim neste episódio. O ex-capitão lidando com o rebaixamento, mas aparecendo no momento certo para dar a dica que Rosie e Villa precisavam, o novo capitão que não diz exatamente a que veio, mas parecia conosco mesmo olhando os dois decifrando as pistas do crime, e, claro, a nossa dupla preferida deixando toda a parte estranha de lado – quer dizer, deixando aos poucos e foi bem engraçado vê-los tentando trabalhar apesar de tudo e voltando ao normal aos poucos, sem que eles fizessem isso, algo natural, mais forte do que eles.

Ah, e o Slade tem o mesmo jeitão do Rosewood, o que inclui muito charme, piadas fora de hora e algo escondido, triste e pesado.

Sim, eles nem precisaram de um dos dois em perigo para se acertarem, foi simplesmente a Villa voltando atrás a decidida a investigar a morte do ex-marido com o Rosie. Acho que o caminho ainda vai ser bem cheio de pedras, mas pelo menos eles estão do mesmo lado de novo.

Sobre o crime? Bom, eu confesso que acertei a fonte, mas errei a pessoa. Imaginei que a garota morta fosse filha do prefeito e que alguém naquela sala a tivesse matado, mas apostei minhas fichas na assistente prestativa – toda vez que alguém é prestativo demais com informações sobre um crime.

Sobre Donna e Gerard: não é romance. Ainda. Entendi perfeitamente quando Donna disse que precisa de certa sensação de estar fazendo algo mais pelos outros e acredito que esse tenha sido mesmo o motivo dela querer ajudar Gerard, mas acho que os dois acabarão indo além disso.

Sobre TMI e Pippy: algo me faz acreditar que essas duas ainda voltam.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

2 Comentários


  1. Pelo menos a Villa mudou seu figurinho, abandonou as regatas !!!
    Até que a picuinha entre os dois passou rápido, novo capitão gato fugiu de CSI Miami heheheheh

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *