Bones: The Fight in the Fixer (11×15)

bones-the-fight-in-the-fixer-11x15-s11e15

Thanks God: nosso King Of Lab Hodgins está de volta. Ou quase. Ele deixou de lado a atitude auto depreciativa e a falta de respeito pela Angela e está caminhando de volta para casa. Um lado meu até agradece o fato dos roteiristas não mudá-lo de novo de uma hora para a outra, ainda que eu preveja que no próximo episódio é bem provável que o assunto já tenha sido esquecido.

Até porque eles precisam substituir este drama pelo próximo: Aubrey e o pai dele. Não sei ainda o que eles vão inventar, mas é evidente que eles vão colocar o rapaz em problemas antes dele e o pai terem qualquer oportunidade de acertarem suas arestas, se é que eles vão.

Bom, com isso e mais toda a história da Cristine já temos quase que o total dos quarenta minutos do episódio, então o pessoal teve que ser rápido para resolver o assassinato do que eles chamaram de fixer, mas nada de Olivia Pope por aqui, apenas mais um daqueles trambiqueiros que fazem qualquer negócio por dinheiro, inclusive quebrar a própria cara na pia para poder enganar um cliente.

Em um caso como esse nem dá para esperar algo diferente de ser traído pela própria assistente e amante, certo?

E o assassino em série que quase enlouqueceu Brennan no episódio passado? Ora, se ele não fosse completamente ignorado no episódio seguinte isto aqui não seria Bones.

P.S. Momentos papais de Booth e Brennan foram fofos, sem noção foi o Wells e sua avaliação do desenho da criança ou sua insistência em provar que Cristine não pode ser tão exemplar assim. Horrível. Além disso, GENTE, navalha de Okham: por que ninguém pensou em ligar para a professora ao invés dessa palhaçada toda? Eu esperava algo assim de Brennan, mas não do Booth.

P.S. do P.S. Poxa, doutora Karen já de partida? Confesso que eu estava imaginando que Aubrey ia dar uma de Raj sem conseguir decidir entre as duas garotas.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

1 comentário


  1. Não foi Olivia Pope que passou pelo episódio e sim o maior Fixer de séries – Ray Donovan !!!

    Foi tanto Ray Donovan que até a atriz que fez a criminosa era da série também, ela faz a cunhado do Ray.

    Realmente uma embromação essa história do boletim da Cristine … aff

    Acho que o personagem da Karen não deve ter agradado ou ela só serviu para dar essa gancho para o Aubrey.

    Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *