The Mysteries Of Laura: The Mystery of the Dodgy Draft e The Mystery of the Crooked Clubber (1×19 e 1×20)

A morte de uma professora em um passeio escolar e de um rapaz que sempre sonhou alto demais para seu bolso foram os mistérios que Laura teve que investigar essa semana, isso enquanto ela lidava com a desconfiança de que estava grávida e com a confirmação de que Jake tem uma um novo relacionamento firme.

Sorte que ela pode contar com sua ótima intuição mais uma equipe nada fraca, não é mesmo?

Photo from the episode "The Mystery of the Dodgy Draft"

Em The Mystery of the Dodgy Draft foi uma graça ver a preocupação da policial em descobrir a verdade a tempo de não estragar o futuro do jogador de futebol preso em primeiro lugar – esse lado humano da personagem faz com que ela seja diferente de outros policias que a gente se acostumou a ver.

Já desconfiar a namorada cheerleader estava super fácil, até a gente ouvir a mãe dela falando. Gente, eu quase senti menos pela morte da professora só pelo fato daquela mulher ficar presa pelo resto da vida e assim causar menos estrago na vida da filha – completamente doida.

Ao final do episódio Laura já sabia que a gravidez tinha sido um alarme falso, uma comida chinesa que não somente lhe fez ficar enjoada como ainda alterou o resultado dos testes de farmácia. Anote aí: nada de testes de gravidez depois de comer algo que você não sabe com o que foi temperado.

Mas o susto rendeu uma conversa legal dela com o Tony: apesar de ser super torcedora do Jake, o relacionamento dela e do chef de cozinha é daquelas coisas boas de se ver evoluindo, não é?

Photo from the episode "The Mystery of the Crooked Clubber"

O episódio seguinte, The Mystery of the Crooked Clubber teve misto de riso e drama: Meredith tietando Malcom In The Middle, Frankie sendo drogada pelo barman e ficando toda alegrinha, Laura descobrindo sobre Jake e Angela, Tony e seu queijo quente cuidaram da parte feliz do episódio.

Já descobrir que o próprio irmão havia matado o rapaz que por sonhar alto demais se envolveu em drogas e roubos foi a parte dramática. Ainda que tenha sido apenas o final do episódio, é um daqueles casos que simplesmente se parecem demais com a vida real, e que acontecem fácil demais, para que a gente consiga não ser tocado de alguma forma, não é mesmo?

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta