The Whispers: X Marks the Spot (1×01)

Ai, gente, bateu um sentimento “parece com Fringe” aqui em mim, e em vocês? Eu tentei não dar bola, tentei não criar expectativas em função das propagandas e coisa e tal, mas gostei MUITO desse primeiro episódio, eles conseguiram ao mesmo tempo amarrar tudo e deixar várias perguntas pra gente.

Oremos, então, para que Nossa Senhora dos Seriados de TV não nos deixe na mão e mantenha a coisa nos trilhos!

Tudo bem que o Milo tá a coisa mais horrível com esse cabelón todo, mas quando este episódio termina e antes da foto do porta retrato ser mostrada nós sabemos que é ele que vai estar ali na casa da agente Claire Bennigan, que ele é o marido que ela acredita estar morto, Sean.

(Olha Fringe batendo na gente de novo: protagonista loira)

E do outro lado da Terra a gente tem o Wes – o que foi aquele olhar “sou o mais canastrão” dele quando ele chega ao tal acampamento? – encontrando o avião de Sean no meio daquela árvore queimada e carregada de energia?

Se o meu texto parecer completamente sem sentido e confuso para você, não ligue, também parece para mim. É que são tantas coisas passando pela minha cabeça que eu simplesmente não consigo pensar linearmente.

Começando de novo. Respira.

The Whispers chega como nova promessa de suspense com ficção científica e selo Spielberg de qualidade. Já no primeiro episódio temos a confirmação de pelo menos duas “tentativas de assassinato” de pais por parte de seus filhos.

Um deles, da pequena Harper derrubando sua mãe da casa na árvore, é que traz a agente Claire de volta do trabalho depois de uma licença por conta da morte de seu marido. Ao longo de 40 minutos vemos então esses estranhos casos se ligarem ao marido supostamente morto dela.

Enquanto Claire vai atrás da verdade sobre o que está acontecendo com essas crianças, não acreditando na teoria simples de que elas pode ser simplesmente ruins, Wes é chamado na África por conta de uma estranha descoberta feita por um exército de lá.

Ao mesmo tempo, um cara de aspecto estranho e sem memória é levado a um hospital e, durante o sono, diz coisas que ninguém consegue entender.

O roteiro, então amarra as três tramas: o desconhecido, depois identificado por Claire como Sean, esteve próximo das cenas dos crimes, das crianças que está sendo influenciadas por um amigo imaginário que elas vêem. Wes encontra o avião dele preso nessa estranha energia e Claire descobre que o mesmo amigo imaginário se repete.

Só que não somos somente nós que estamos vendo tudo isso convergir: ao mesmo tempo em que Claire e Wes fazem suas descobertas, os filhos de cada um deles é apresentado a Drill, o tal amigo.

Acabamos o piloto, então, nos sentindo como Claire: sabemos que tudo está ligado, mas não fazemos a mínima ideia do que isso significa.

The Whispers The X Marks The Spot 1x01 s01e01 Sean

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta