Chicago P.D.: The Three G’s (2×19)

Ai, daquelas tramas que sempre me partem o coração, que nem o do Al: esse negócio de garotas super novinhas mortas, exploração de quem não tem nada na vida além da sua família, nossa, sempre mexe comigo.

Chicago P.D.: The Three G's 2x19 s02e19

Além daquele momento aflitivo em que eu vi o Voight levando um tiro. Ainda em recuperação eu vejo o Al ali, parado naquele corredor, com aquele filho de uma nada boa mãe, muitos sentimentos conflitantes.

E Voight chega e segura a arma. Poderiam achar irônico ser ele a fazer aquilo, mas o Voight fez pelo Al, por seu amigo, e ganhou pontos extras comigo – cada vez mais agradecida de não ter conhecido a versão anterior dele.

Falando em pontos extras: sim, a tal “namoradinha” merece muito e muitos anos de cadeia porque ela SABIA muito bem o que estava fazendo. Apodreçam na cadeia!

P.S. Pobre Roman, eu entendo ele, mas que exageraram a reação do personagem exageraram, né? Bom, mas ver o policial tendo “uma conversa” com o Voight valeu o exagero.

P.S. do P.S. Ieeeeiii, Platt linda!! Alguém aí sabia dessa história da taxinha? Ri muito.

P.S. do P.S. do P.S. Vale chorar com o Al e sua filha? <3

 

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

2 Comentários


  1. O Voight era odiento em Chicago Fire, mas preservaram alguns traços da personalidade em Chicago PD e é justamente isso que gosto nele. Pq ninguém é tão santo assim, e ele é paizão daqueles que colocam embaixo da asa ou puxa orelha na hora que for necessário. Platt Ilove.

    Responder

Deixe uma resposta