Crossing Lines: Family Ties (2×08)

Um episódio para nos tirar do sério, não é verdade? Ele começou todo “docinho” com a festa surpresa do Tommy – e o ótimo comentário do Dorn sobre o lança mísseis e o Natal – e daí em diante só foi ficando mais pessoal com Lennon usando qualquer coisa para conseguir descobrir a verdade, mesmo que isso significasse colocar Tommy na mesma cela que o seu pai – que perdeu um filho e também ficou cego de ódio.

E, devo dizer, que a minha vontade era dar na cara do Lennon com toda a vontade pela forma como ele se comportou – que deixava bem claro que ele guardava algum segredo bem pessoal com relação aos ciganos, não é mesmo? -, mas fiquei esperando a revelação que explicaria esse comportamento todo errado dele e ela veio, ainda torta, um homem ainda dando uma de durão.

Um episódio pessoal e um episódio sobre ódio – ou vingança.

Sobre aparências: os tais ciganos que tanto incomodavam Lennon cometeram um erro, o erro de se associar as pessoas erradas apenas para ficar do outro lado de quem odeiam.

E um show de Tommy e Dorn. O episódio foi definitivamente dos dois e apenas confirmou que esta segunda temporada está irreparável: casos ótimos e uma equipe totalmente afinada.

Crossing Lines Familie Ties 2x08 S02e08

P.S. Ótima notícia para quem não tem o Now da net: no último dia 16 a segunda temporada de Crossing Lines ficou disponível também no Netflix. Todinha!!! Dublada ou legendada, você escolhe.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta