Revenge: Disgrace (3×16)

Se eu parar de reclamar das viradas em Revenge a gente pode parar de ter viradas em Revenge? Porque eu tô ainda pensando no que eu reclamei na semana passada e eles vem e fazem o que? De volta ao começo.

Revenge-Disgrace

Além do que, seja o enjoo ou a maresia, eu começo a ficar um tanto quanto perdida em como é que essas coisas acontecem: se foi a Emily que resolveu soltar o próprio prontuário porque a Victoria assumiu a responsabilidade para Daniel? Ou a Victoria está achando que foi ela e na verdade a Emily tá pagando “um por fora” pro moço detetive? Ou na verdade a Victoria acha que isso é justiça divina?

Falando em justiça divina: enquanto algumas coisas ficam confusas outras parecem arquitetadas até demais. Ou vamos ficar de boa que bem na hora em que Emily descobre a tal cartinha perdida o francês que a escreveu desembarca na cidade?

É muita perfeição de um lado e muito abandono do outro, não parece?

Bom, de que mais podemos reclamar? Jack dando uma de espião: não compro. Nolan dando teto para seu amigo de cadeia? E envolvendo o moço na trama? Certeza de que isso não pode acabar bem.

Assim como eu sei que existe um copo no caminho de Stevie. Ah, tem sim!

P.S. Gente, que a que a Victoria tem que essa homarada toda fica disputando?

P.S. do P.S. Se você não é capaz de entender que os números da sua empresa estão sendo mascarados, você definitivamente não serve para dirigi-la.

P.S. do P.S. do P.S. Ah-ha, Victoria sabe somar 2 mais 2!!!

P.S. do P.S. do P.S. do P.S. A imagem diz tudo: um sorriso falso, uma cara de idiota e uma de quem não liga mesmo para o que está acontecendo a sua volta.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta