The Following: The Siege (1×05)

Fal Azevedo dando o melhor resumo sobre The Following para quem ainda não viu: “Fia, te exlico tudo que vc quiser, mas o resumo é: Kevin Baconzitos carrega vódeca na garrafinha d’água e é o puliça mais gostoso e mais burro do universo. E o serial killis, que Antonio nunca me oiça, é o serial killis mais diliça que a vida já produziu e, sozinho, tá dando de 10 no Febeinho inteiro. Vamos acompanhar.”

Pronto, simples, fácil e indolor. O povo do FBI é meio burro, os mais espertos me fazem desconfiar deles e eu fico achando que são seguidores de Joe, mas tem o Kevin com seu andar Footloose. E o Joe, bem, ele é louco, mas um louco charmoso e infelizmente o fato dele ser charmoso faz com que apenas metade de nosso cérebro funcione para julgá-lo, beleza?

The Following: The Siege (1x05)

Quem passou esse episódio ainda mais aflita que os anteriores faça o favor de me acompanhar: quase quase salvam o Joey. Mas entre o quase e o salvar o povo do FBI, incluindo o Ryan, só fez besteira. Como assim eles conseguem identificar aonde o menino pode estar e só mandam dois agentes pra investigar? Como assim eles sabem que Joe pode ter falado algo pra advogada e não colocam ninguém pra segui-la ou, pelo menos, avisam o pessoal que está na casa da Claire para ficar de olho? Como assim a Claire topa de boa, de boa, entrar num carro de um desconhecido-provável-psicopata-assassino e nem pensa em pelo menos mandar um SMS pro Ryan? Como que o Ryan é trouxa o bastante de ficar desfilando seu bumbum conservado pela fazendo permitindo que alguém o veja? Como assim ele fica falando todo tati-bi-tati com o Joey de costas, de COSTAS, para uma porta aberta?

Então, além do fato de eu estar adorando a série, a gente precisa avaliar que fica assim ansioso, aflito mesmo, porque A GENTE SABE QUE ELES VÃO FAZER BESTEIRA!

E olha que a parceira do Mike não era uma seguidora, quer dizer, a gente pelo menos acha que não até o final deste episódio.

Ah, e ainda teve o policial bobão deixando o assassino cada vez mais perto até acabar morto. A gente só deu um desconto para ele porque ele era um policial do interior sem malícia, se o FBI que conhece o mundo já erra, como a gente pode julgar o moço, heim? Ah, os velhinhos dando bobeira também: acabei de encontrar um trio de assassinos, mas vou deixar a porta aberta para eles poderem entrar aqui e nos matar.

Ah, e o trio amor e uma cabana? Sério, eu tô vendo a Emma matando os dois. Os dois, minha gente.

P.S. Megan, querida, se você está presa num porão, sendo ameaçada de morte, e um agente do FBI pede para você não gritar, você NÃO GRITA, entendeu?

P.S. do P.S. Como assim Joey ouve a verdade de Emma e Paul e volta numa boa com ela? Ah, eu esperneava, gritava, chamava a atenção. Não é possível.

P.S. do P.S. do P.S. Sério, aonde fica o raio dessa fazendo na qual ninguém chega?

 

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

2 Comentários


  1. Realmente, cada coisa que acontece que a gente não acredita. Deste jeito Joe vai acabar rapidamente seu livro. E eu achando que eles conseguiriam salvar o menino…
    E o Jacob morrendo de medo, que coisa!

    Responder

Deixe uma resposta