Blue Bloods: Scorched Earth (3×4)

Pela primeira vez eu acho que o crime da noite não foi o pior para Danny em Blue Bloods, mas estragarem um casamento de sonho, no dia de aniversário do seu casamento. Isso explica o gosto com que ele derrubou o pretenso noivo naquele hotel – torci como se fosse gol em final de campeonato.

Blue Bloods: Scorched Earth (3x4)

E olha que eu realmente fiquei com pena dele no comecinho do episódio, aquele sonho todo sendo filmado numa câmera de celular, por mais que a gente já soubesse que algo ia dar errado com tanto foco na felicidades dos noivos. Quando tudo acontece eu estava achando que o alvo dos tiros era o tal rapaz que empurrou o noivo e eles tivessem sido pegos no fogo cruzado, jamais acharia que o noivo tinha tido a brilhante ideia de roubar uma gangue.

Jamie finalmente ganhou um tempinho na tela fazendo ponta na investigação do irmão e tendo de decidir entre apoiar seu parceiro ou fazer o que seria certo conforme o que está escrito nos livros. Gostei da trama, apesar de ter sido resolvida rápido demais, de forma bastante superficial. Ah, também não morri de amores pelo parceiro dele.

Finalmente, mas não menos importante, Frank mostrando que é humano e que por mais que siga todas as regras dos livros, sempre se pode procurar algo neles para se fazer o que é certo, mesmo quando no capítulo anterior alguma coisa dizia que não. Só falta o personagem falhar uma vez ou outra para parecer mais real, não é mesmo?

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta