CSI: NY: Do Not Pass Go e Hide Sight (07×06 e 07×07)

Perdida de tudo. Tô assim hoje. Na semana do feriado li o povo comentar que tinha tido reprise na AXN, então nem fui atrás da reexibição no sábado – em horários péssimos – e não escrevi texto sobre o episódio. Semana passada, programação no site e no Teleséries indicavam que o 07 seria exibido, então o 06 foi exibido no feriado? Alguém ajuda! Tô perdida, afff.

Ficamos assim: vou falar dos dois episódios, se o 07 não tiver sido exibido ainda alguém me avisa, e quem não assistiu espera para ler, combinado? 😛

O destaque de Do Not Pass Go acaba não sendo a investigação, mas Jo e sua filha. Ou não? Eu achei bem louca essa ideia da assassina de arrumar outras vítimas para que estas apagassem as pistas do assassinato que ela tinha cometido. Mas, nunca boa, achei também viajante demais: tipo, sem prova alguma, ela resolve que aqueles dois são os culpados, cria essa coisa de assassinar com veneno, faz com que os pais do guri passem por tudo aquilo, tudo isso de dentro da cadeia?

Tá, não me chamem de reclamona, apesar da loucura todo eu gostei muito do ritmo do episódio, gostei da investigação, adorei conhecer a filha da Jo, saber mais sobre o passado da agente e coisa e tal.

Hide Sight é mais um episódio de Mac – isso não é reclamação – e ele dá show. Além do roteiro sair da obviedade e conseguir surpreender ao final: quem mais não tinha certeza de que o culpado era o menino sequestrado que conseguiu fugir?

Não lembro de CSI ter tratado de atiradores antes – vimos em Criminal Minds – e achei bem legal abordarem a questão do falar ou não a verdade. Confesso que, apesar da tendência a concordar com o Mac, não sei se divulgar o que está acontecendo cria mais pânico do que ajuda, realmente não sei. Sorte que não tenho de decidir.

Detalhe enlouquecedor: o que é aquilo do alerta por celular? Gente, se não existe alguém precisa criar! Achei super útil!

E o episódio tem algo de que eu tenho gostado muito: a inteiração entre Mac e Jo. Ela é mais madura, então as conversas dos dois sempre são boas, acho que Mac aprende muito mais com ela do que acontecia em sua relação com Stella, a troca é maior, sabem?

Nossa Senhora dos Seriados nos protegendo!

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

1 comentário


  1. Simone, como te disse…. esta temporada de CSI NY é show de bola… coisas absurdas acontence, mas ficção é assim mesmo… Aguarde pelos proximos episodios…

    Teve um episodio com um atirador. Ele atira num policial no central park. A bala fica alojada no cavalo. Nao sei se na primeira ou segunda temporada.

    Esta temporada toda o Mac esta divino…. Me apaixono por ele a cada episodio….

    Responder

Deixe uma resposta