Law&Order LA: Harbor City (01×03)

Foi só o terceiro episódio, mas já sei com certeza que aqueles com o promotor Morales sempre serão os meus episódios favoritos. Em parte porque eu adoro Molina, em parte porque eles realmente capricharam no personagem, cheio de nuances.

E esse terceiro episódio acabou valendo bem mais que os dois anteriores, mas talvez seja só eu vendo mais semelhanças com o finado Law And Order aqui, com esse promotor defendendo uma causa tão própria e correndo atrás de quem acha realmente culpado – mais que conseguir que o pai entregasse o próprio filho, o que Morales queria ali era demonstrar que ele era o verdadeiro culpado por tudo, ao ensinar o preconceito e ainda pagar pelo silêncio alheio.

Harbor City pode ter centrado seu crime nos ricaços que vivem ao longo da praia, mas o assunto é comum em tantas cidades dos EUA e daqui, aonde o preconceito aparece mais quando o preconceituoso se sente igualado ao objeto do seu preconceito. O que deu o clima da cidade, desta vez, foi o surfe e as imagens da praia.

Do outro lado, os atores que interpretam os detetives Winters e Jaruszalski pareceram bem mais a vontade em seus papéis, o que ajudou, e muito, no decorrer da história.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

1 comentário


  1. Amo Alfred Molina!!! E realmente, estou gostando de Law and Order LA, apesar de morrer de saudades do Jack McCoy e da tenente!

    Responder

Deixe uma resposta