Top Chef (02×13)

E eu ia quase esquecendo de falar da final da segunda temporada de Top Chef, mas fui devidamente lembrada pelos fãs que deixaram comentários em meu último post sobre o reality. Agradeço a vocês e também peço desculpas pela demora em escrever, mas é que a final ocorreu bem na semana em que meu micro foi para o espaço e as coisas ficaram confusas.

De qualquer forma, vale comentar aqui que quem ganhou foi Ilan, de quem eu não gosto, mas que, vamos admitir, mereceu o prêmio pelo jantar que preparou.

Marcel e Ilan foram desafiados a fazerem um jantar com seus melhores pratos, sem restrições, e podendo escolher entre os eliminados duas pessoas para ajudá-los na missão. Enquanto Marcel ficou com Sam e Mike, nenhum dos dois realmente dispostos a ajudá-lo, Ilan ficou com Elia e Betty.

Marcel foi bem em seus pratos, na realidade, os dois foram muito bem e os jurados tiveram dificuldades em escolher o vencedor, então acabou vencendo quem cometeu menos erros. No quesito menos erros tenho que falar que Marcel acabou pagando por não ter feito questão de fazer amigos no programa.

Vejam bem, não estou criticando Marcel por seu comportamento, apesar de soar arrogante em alguns momentos eu nunca vi algo de realmente errado na maneira como ele conduzia as coisas e achava que os demais faziam muito drama dos acontecimentos, mas, ao precisar da ajuda dos demais, Marcel acabou ficando com um equipe que não gostava dele.

Sam foi bastante profissional e até tirou Marcel de uma enrascada, mas é realmente difícil conduzir as coisas quando as pessoas a sua volta não estão torcendo por seu sucesso.

No final das contas acho que os jurados escolheram bem, como eles mesmo disseram: Marcel tem um potencial absurdo, mas ainda precisa amadurecer um pouco mais antes de ter sua cozinha.

Minha receita preferida? Para variar uma sobremesa, para variar não foi do vencedor. Eu fico com:

Blini with Kona Coffee Caviar & Hawaiian Chocolate Mousse (vamos dizer que é uma pequena panqueca com Caviar de Café e Mousse de Chocolate)

Ingredientes:
230 gramas de chocolate meio amargo
1 copo de creme de leite
2 copos de creme de leite batido
1 copo de café recém moído
1 colher de chá de alginato de sódio
1-2 colheres de açúcar (experimente para acertar a quantidade)
2 copos de água
1 colher de chá de clorito de cálcio
4 panquecas pequenas

Como fazer:
1. Para o mousse: emu ma tigela combine o chocolate com o creme de leite. Coloque a tigela sobre uma panela com água fervente, mexendo eventualmente enquanto o chocolate derrete. Após derreter retire do calor e misture bem, aguarde esfriar.
2. Usando uma espátula, misture o creme batido e a mistura de chocolate, mexendo até que a mistura fique por igual. Leve a geladeira por 12 horas.
3. Para o caviar de café: emu ma pequena tigela misture o café, o alginato de sódio e o açúcar. Misture tudo utilizando um mixer. Aqueça até 96º C. Reserve até o momento de servir.
4. Em uma outra tigela misture água e co clorito de calico, misturando até dissolver.
5. Em uma tigela media coloque água gelada.
6. Em uma seringa ou saco plástico coloque a mistura de café com alginato, no caso do saco você precisará fazer um pequeno furo. Deixe pingar gotas da mistura no clorito de cálcio, deixando-as em banho por 05 a 10 minutos.
7. Retire as gotas delicadamente com uma colher e passe na água gelada.
8. Monte os pratos colocando a panqueca, uma colher generosa do mousse de chocolate e o caviar para finalizar.

Escrito por Simone Miletic

Formada em contabilidade, sempre teve paixão pela palavra escrita, como leitora e escritora. Acabou virando blogueira.

Escreve sobre suas paixões, ainda que algumas venham e vão ao sabor do tempo. As que sempre ficam: cinema, literatura, séries e animais.

Deixe uma resposta