Cinema: Bad Boys Para Sempre

Exatos 25 anos depois do primeiro filme e 17 anos após o segundo, os Bad Boys Mike Lowrey e Marcus Burnett estão de volta no esperado terceiro filme da franquia, Bad Boys Para Sempre.

Em Bad Boys Para Sempre, que chega aos cinemas em 30 de janeiro pela Sony Pictures, Will Smith e Martin Lawrence retornam como seus protagonistas icônicos, onde Marcus (Lawrence) está buscando se aposentar para passar mais tempo com a família. No entanto, uma perigosa ameaça surgirá para colocar em risco a vida de Mike (Smith) – trazendo a dupla de volta à ativa para uma última missão.

bbps_cartaz_teaser_miami_1Sheet_DATA

A produção de um terceiro filme dos Bad Boys era assunto desde 2013, uma discussão incensada por eventuais declarações de Martin Lawrence nesse sentido. Maior entusiasta do projeto, foi ele que, em 2018, oficializou a notícia de que o filme realmente viria ao postar em seu perfil no Facebook um vídeo de bastidores das gravações com Will Smith ao seu lado. A partir daí a expectativa, que já era enorme, virou uma realidade.

E agora, em 2020, finalmente temos.

Filmes de ação seguem uma fórmula fixa que não costuma surpreender, contando com o carisma de seus protagonistas para torná-los algo memorável, que vá além do consumo desatento dos telespectadores. Enquanto franquias desse tipo como Velozes & Furiosos se esgotam tentando reinventar essa fórmula em todos os pontos possíveis do mapa, Bad Boys correu pelas beiradas, se mantendo vivo no imaginário coletivo e sabendo exatamente seu momento correto para reaparecer.

Obra de um roteiro trabalhado à diversas mãos, o filme tem direção da dupla belga Adil El Arbi e Bilall Fallah. Este é o único filme da franquia que não tem direção de Michael Bay – no entanto, é nítida a influência dele na direção, além do mesmo fazer uma pequena participação no filme. Ou seja, tudo muito cuidado, tudo feito muito de perto, inclusive com grande participação de Will Smith na produção do longa.

Com tanta atenção aos detalhes, o que temos é um filme que honra suas origens e as renova ao atualizar sua trama ao mesmo tempo que dá ao fã tudo o que ele quer dentro daquele gênero e daquela saga. Nada em Bad Boys Para Sempre é de graça, para cumprir tabela, é um filme redondinho e honesto. E por isso ele é tão bom e cumpre tão bem seu papel de entreter, além de dar um carinho especial aos fãs saudosos.

Despretensioso e com uma enorme capacidade de rir de si mesmo, Bad Boys Para Sempre não tenta fingir que seus heróis não envelheceram, que são invencíveis ou eternos e nem surge descolado da realidade para caber em uma fórmula: sabe que o mundo não é o mesmo de 25 anos atrás. Dessa honestidade de não subestimar a inteligência do telespectador, temos ainda outra ponta de conexão quando encontramos a dupla icônica mais velha, mais desconfiada e com mais obrigações, como família, filhos e até netos. Para os fãs mais antigos, é como reencontrar velhos amigos e ver que a vida deles mudou, assim como a nossa.

Em que pese aí, é claro, o carisma absurdo de Will Smith e Martin Lawrence, absolutamente confortáveis em seus papeis, se divertindo horrores e com uma química de bromance que cativa já nos primeiros minutos de tela.

Por fim, é preciso destacar a trilha sonora afiada, que costura toda a trama e casa perfeitamente com o mood desse comeback. É divertida, dançante, um pouco cafona. Adorável. E embala o filme quase como um terceiro personagem.

Por tudo isso, Bad Boys Para Sempre se mostra um filme inteligente, divertido e o comeback perfeito para quem tanto esperou por ele. Além de ser, por si só, um produto notável de entretenimento, sendo um filme de ação que entrega tudo o que os fãs do gênero gostam.

Ou seja, tudo o que você precisava e nem sabia. Valeu a pena toda a espera. <3

BAD BOYS PARA SEMPRE
EUA | 2020 | 124 minutos | Ação
Título original: Bad Boys For Life
Direção: Adil El Arbi e Bilall Fallah
Elenco: Will Smith, Martin Lawrence, Alexander Ludwig, Charles Melton,
Paola Nunez, Kate Del Castillo, Nicky Jam e Joe Pantoliano.
Roteiro:  Chris Bremner, Peter Craig e Joe Carnahan
Distribuição: Sony Pictures
Produção: Jerry Bruckheimer, Will Smith, Doug Belgrad, e Chad Oman

Com distribuição Sony Pictures, Bad Boys Para Sempre chega ao cinemas brasileiros em 30 de janeiro.

Escrito por Tati Lopatiuk

Tati Lopatiuk é redatora e escritora em São Paulo. Gosta de romances em seriados, filmes, livros e na vida. Suas séries favoritas são Gossip Girl e Breaking Bad. Pois é.

Seus livros estão na Amazon e seus textos estão no Medium.

Deixe uma resposta